ACM pode disputar governo da Bahia pelo PSDB em 2018

Enquanto diz estar tranquilo com sua filiação partidária para as eleições de 2016, quando deverá tentar se reeleger prefeito de Salvador, ACM Neto parece estar já procurando rumo para a disputa pelo governo da Bahia daqui a três anos; além de PDT e PMDB, o democrata estaria conversando também com o PSDB; a aliança com os tucanos estaria condicionada exatamente a ele se comprometer a entrar na disputa pelo Palácio de Ondina

Enquanto diz estar tranquilo com sua filiação partidária para as eleições de 2016, quando deverá tentar se reeleger prefeito de Salvador, ACM Neto parece estar já procurando rumo para a disputa pelo governo da Bahia daqui a três anos; além de PDT e PMDB, o democrata estaria conversando também com o PSDB; a aliança com os tucanos estaria condicionada exatamente a ele se comprometer a entrar na disputa pelo Palácio de Ondina
Enquanto diz estar tranquilo com sua filiação partidária para as eleições de 2016, quando deverá tentar se reeleger prefeito de Salvador, ACM Neto parece estar já procurando rumo para a disputa pelo governo da Bahia daqui a três anos; além de PDT e PMDB, o democrata estaria conversando também com o PSDB; a aliança com os tucanos estaria condicionada exatamente a ele se comprometer a entrar na disputa pelo Palácio de Ondina (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - Enquanto diz estar tranquilo com sua filiação partidária para as eleições de 2016, quando deverá tentar se reeleger prefeito de Salvador, ACM Neto parece estar já procurando rumo para a disputa pelo governo da Bahia em 2018.

Além de PDT e PMDB, o democrata estaria conversando também com o PSDB de seu "amigo" Aécio Neves. Segundo Ancelmo, colunista do jornal O Globo, a aliança de ACM com os tucanos só acontecerá exatamente se ele se comprometer a entrar na disputa de 2018.

Em junho último, o prefeito participou da convenção estadual do PSDB e aumentou os rumores sobre a sua filiação à legenda. Sua assessoria, contudo, afirma que ele só tratará de seu futuro político a partir de setembro.

A resposta foi dada após questionamentos sobre uma possível resposta ao convite feito pela executiva nacional do PTB para integrar os quadros do partido. o secretário-geral do PTB, o deputado Campos Machado (SP), confirmou ter encaminhado um e-mail ao gestor soteropolitano, colocando o partido à sua disposição caso queira deixar o DEM.

O dirigente petebista que o considera por ele um "rapaz rápido, fino, interessado e educado".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email