Aécio nega que Campos seja "linha auxiliar do PT"

O presidenciável, Aécio Neves, negou que o PSDB considera a candidatura presidencial do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), como sendo uma “linha auxiliar do PT” na eleição de outubro; “[Essa declaração] é um equívoco. Pode ser a posição de algum parlamentar, mas não é a posição do PSDB com relação a Eduardo Campos. A minha posição ontem, hoje e no futuro será se enorme respeito pela sua caminhada, trajetória e candidatura”, disse; declaração vem na esteira de uma nota interna do PSDB que dizia que “sob o argumento de que poderia se transformar em uma linha auxiliar de Aécio, Eduardo começa a se transformar em uma linha auxiliar do PT”

O presidenciável, Aécio Neves, negou que o PSDB considera a candidatura presidencial do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), como sendo uma “linha auxiliar do PT” na eleição de outubro; “[Essa declaração] é um equívoco. Pode ser a posição de algum parlamentar, mas não é a posição do PSDB com relação a Eduardo Campos. A minha posição ontem, hoje e no futuro será se enorme respeito pela sua caminhada, trajetória e candidatura”, disse; declaração vem na esteira de uma nota interna do PSDB que dizia que “sob o argumento de que poderia se transformar em uma linha auxiliar de Aécio, Eduardo começa a se transformar em uma linha auxiliar do PT”
O presidenciável, Aécio Neves, negou que o PSDB considera a candidatura presidencial do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), como sendo uma “linha auxiliar do PT” na eleição de outubro; “[Essa declaração] é um equívoco. Pode ser a posição de algum parlamentar, mas não é a posição do PSDB com relação a Eduardo Campos. A minha posição ontem, hoje e no futuro será se enorme respeito pela sua caminhada, trajetória e candidatura”, disse; declaração vem na esteira de uma nota interna do PSDB que dizia que “sob o argumento de que poderia se transformar em uma linha auxiliar de Aécio, Eduardo começa a se transformar em uma linha auxiliar do PT” (Foto: Paulo Emílio)

Pernambuco 247 - O senador e presidenciável pelo PSDB, Aécio Neves, negou que a legenda tucana esteja classificando a candidatura presidencial do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), como sendo uma “linha auxiliar do PT”. De acordo com Aécio, a declaração não representa uma posição da legenda enquanto partido. A negativa de Aécio vem na esteira de uma nota interna do PSDB, divulgada esta semana pelo blog do jornalista Josias de Souza, cujo texto dizia que “sob o argumento de que poderia se transformar em uma linha auxiliar de Aécio, Eduardo começa a se transformar em uma linha auxiliar do PT”.

“[Essa declaração] é um equívoco. Pode ser a posição de algum parlamentar, mas não é a posição do PSDB com relação a Eduardo Campos. A minha posição ontem, hoje e no futuro será se enorme respeito pela sua caminhada, trajetória e candidatura”, afirmou o parlamentar, nesta quinta-feira (29), durante passagem por Aparecida, São Paulo. “Se individualmente um ou outro companheiro fizer alguma restrição a Campos, não fará em meu nome”, complementou.

De acordo com Aécio, a sua candidatura visa "encerrar este ciclo de governo do PT que tem trazido prejuízos grandes ao País e iniciar um outro, virtuoso ciclo, de eficiência da máquina pública, de ética no exercício da vida pública." Ele complementou dizendo que por esta razão sua relação com Campos e o PSB será sempre de "enorme respeito".

As relações entre os dois presidenciáveis azedaram nos últimos meses em função da resistência do PSB em fechar alianças com o PSDB em alguns estados e pelo que a legenda tucana considera um rompimento do pacto de não-agressão firmado no início do ano, que foi o lançamento de uma candidatura própria do PSB para disputar o governo de Minas. Algumas das declarações feitas por campos e sua pré-candidata a vice, a ex-senadora Marina Silva, visando mostrar ao eleitor a diferença entre as duas legendas também não foi bem recebida pela cúpula tucana, o que contribuiu para aumenta o clima tenso entre Campos e Aécio.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247