Africanos dominam e vencem a Corrida de São Silvestre

Africanos dominaram a 93ª edição da tradicional Corrida de São Silvestre, realizada em São Paulo; Brasil teve a sua pior colocação desde 2011, sem conseguir que nenhum atleta subisse ao pódio; ganhador da corrida foi o etíope Dawitt Admasu, 31, que percorreu o percurso em 44min15s; Ederson Vilela foi o brasileiro que obteve a melhor colocação e chegou em 11º lugar; na prova feminina, a queniana Flomena Cheyech completou os 15 quilômetros do circuito com o tempo de 50min18; brasileira foi Joziane Cardoso terminou a prova com a décima colocação

Africanos dominaram a 93ª edição da tradicional Corrida de São Silvestre, realizada em São Paulo; Brasil teve a sua pior colocação desde 2011, sem conseguir que nenhum atleta subisse ao pódio; ganhador da corrida foi o etíope Dawitt Admasu, 31, que percorreu o percurso em 44min15s; Ederson Vilela foi o brasileiro que obteve a melhor colocação e chegou em 11º lugar; na prova feminina, a queniana Flomena Cheyech completou os 15 quilômetros do circuito com o tempo de 50min18; brasileira foi Joziane Cardoso terminou a prova com a décima colocação
Africanos dominaram a 93ª edição da tradicional Corrida de São Silvestre, realizada em São Paulo; Brasil teve a sua pior colocação desde 2011, sem conseguir que nenhum atleta subisse ao pódio; ganhador da corrida foi o etíope Dawitt Admasu, 31, que percorreu o percurso em 44min15s; Ederson Vilela foi o brasileiro que obteve a melhor colocação e chegou em 11º lugar; na prova feminina, a queniana Flomena Cheyech completou os 15 quilômetros do circuito com o tempo de 50min18; brasileira foi Joziane Cardoso terminou a prova com a décima colocação (Foto: Paulo Emílio)

247 - Os africanos dominaram a 93ª edição da tradicional Corrida de São Silvestre, realizada em São Paulo. O Brasil teve a sua pior colocação desde 2011, sem conseguir que nenhum atleta subisse ao pódio. 

O ganhador da corrida foi o etíope Dawitt Admasu, 31, que percorreu o percurso em 44min15s.  O segundo lugar no pódio ficou para Belay Bezabh, também da Etiópia (44min33s), e a terceira posição foi do queniano Edwin Kipsang (44min43s). Ederson Vilela foi o brasileiro que obteve a melhor colocação e chegou em 11º lugar.

Na prova feminina, a queniana Flomena Cheyech completou os 15 quilômetros do circuito com o tempo de 50min18s. Em segundo lugar ficou a etíope Sintayehu Hailemichael, com 50min55s, e em terceiro Birhane Adugna, com 50min57s. A brasileira foi Joziane Cardoso terminou a prova com a décima colocação.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247