AL deve votar hoje a Descompressão na Carreira do Magistério

O presidente da Apeoc, Anízio Melo, juntamente com professores e diretores de escolas da Rede Pública Estadual acompanharão a sessão de hoje (3) da Assembleia Legislativa. O projeto de lei que trata da Descompressão na Carreira do Magistério é uma das principais reivindicações da categoria e foi negociado com o governador Camilo Santana (PT)

O presidente da Apeoc, Anízio Melo, juntamente com professores e diretores de escolas da Rede Pública Estadual acompanharão a sessão de hoje (3) da Assembleia Legislativa. O projeto de lei que trata da Descompressão na Carreira do Magistério é uma das principais reivindicações da categoria e foi negociado com o governador Camilo Santana (PT)
O presidente da Apeoc, Anízio Melo, juntamente com professores e diretores de escolas da Rede Pública Estadual acompanharão a sessão de hoje (3) da Assembleia Legislativa. O projeto de lei que trata da Descompressão na Carreira do Magistério é uma das principais reivindicações da categoria e foi negociado com o governador Camilo Santana (PT) (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - A votação do projeto de lei que trata da Descompressão na Carreira do Magistério, uma das principais reivindicações da categoria e uma das bandeiras de luta do Sindicato Apeoc em 2015, vai ser votado pelo plenário da Assembleia Legislativa nesta quinta (03). O presidente do Sindicato Apeoc, Anízio Melo, deverá acompanhar sessão, juntamente com professores e diretores da Rede Estadual.

O projeto fortalece a carreira dos profissionais da Educação Básica da rede pública estadual e promove uma revisão completa do sistema de remuneração da categoria. Com a aprovação da lei da descompressão se institui definitivamente a carreira do Magistério. O novo sistema acaba com as barreiras de ascensão funcional e permite que os profissionais avancem até o último nível. O impacto na remuneração será a médio e longo prazos, com ganho expressivo no momento da aposentadoria. No topo da carreira, os profissionais com Especialização, por exemplo, vão ter uma remuneração de R$ 6.964, 16 (valores atuais). Pela tabela vigente, esse valor é de R$ 4.076,22.

O projeto de lei também garante diversos outros ganhos importantes para a categoria, como aumento para 15% no percentual da Regência dos Especialistas. O reajuste também tem impacto na remuneração dos aposentados com a mesma titulação. Depois de aprovado, a nova tabela de remuneração já passa a valer em 2016.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247