Alencar: ‘covarde, STF rasga a Constituição para prender Lula e a esperança do povo’

Deputado estadual Alencar Santana Braga (PT-SP) considerou a decisão do STF de negar o habeas corpus a Lula como uma "violência contra o povo brasileiro"; o placar de 6x5 contra o recurso, na opinião do parlamentar, demonstra um "STF covarde e submisso aos interesses da globo, Temer, PSDB e aliados que joga no lixo mais uma vez o direito sagrado à liberdade"

Deputado estadual Alencar Santana Braga (PT-SP)
Deputado estadual Alencar Santana Braga (PT-SP) (Foto: Paulo Emílio)

SP 247 - O deputado estadual Alencar Santana Braga (PT-SP) considerou o resultado do julgamento do habeas corpus impetrado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) como uma "violência contra o povo brasileiro". O STF decidiu por 6x5 negar o habeas corpus ao ex-presidente o que, na opinião do parlamentar, demonstra um "STF covarde e submisso aos interesses da globo, Temer, PSDB e aliados joga no lixo mais uma vez o direito sagrado à liberdade".

Alencar criticou o fato de somente Lula ter sido punido "enquanto Aécio (senador Aécio Neves (PSDB-MG)), Jucá (Romero Jucá (MDB-RR)), Serra (José Serra (PSDB-SP), Temer (Michel Temer) e outros, com malas e provas, continuam impunes e praticando maldades contra o país".

"Cármen Lúcia e Rosa Weber demonstram pequenez e manobram para que Lula seja preso, mesmo sem prova e sem condenação com trânsito final em julgado. Os ministros do Supremo que fazem isso contra Lula, fazem isso contra o povo mais pobre para preservar os interesses da elite", disse. "O Supremo decide assim para prender esperança da população brasileira por um país mais justo", completou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247