Após acordo, Camarões embarca para o Brasil

Os jogadores deviam ter partido ontem de manhã, mas recusaram fazê-lo porque não concordaram com a proposta do governo de 50 milhões [de francos CFA, cerca de 76 mil euros] de prêmio; seleção chegou a um acordo e é esperada no Rio de Janeiro nesta segunda-feira, às 16h

Os jogadores deviam ter partido ontem de manhã, mas recusaram fazê-lo porque não concordaram com a proposta do governo de 50 milhões [de francos CFA, cerca de 76 mil euros] de prêmio; seleção chegou a um acordo e é esperada no Rio de Janeiro nesta segunda-feira, às 16h
Os jogadores deviam ter partido ontem de manhã, mas recusaram fazê-lo porque não concordaram com a proposta do governo de 50 milhões [de francos CFA, cerca de 76 mil euros] de prêmio; seleção chegou a um acordo e é esperada no Rio de Janeiro nesta segunda-feira, às 16h (Foto: Roberta Namour)

AFP - A seleção camaronesa de futebol, cuja chegada ao Brasil estava prevista para a tarde deste domingo, embarcou em Yaoundé para a América do Sul, depois de os futebolistas terem acordado os prémios de participação no Mundial'2014.

"Os jogadores deviam ter partido ontem de manhã, mas recusaram fazê-lo porque havia um problema com os prémios. Até sábado, o governo tinha proposto 50 milhões [de francos CFA, cerca de 76 mil euros] de prémio de participação, mas eles queriam mais", explicou à agência AFP um responsável da federação camaronesa.

O mesmo dirigente, que recusou ser identificado, assegurou que "o problema foi resolvido durante o dia e a comitiva deve ter abandonado os Camarões ontem à noite", escusando-se a revelar os termos do acordo. Segundo a estação televisiva camaronesa Crtv, cada jogador vai receber um prémio de presença de 50 milhões de francos CFA, aos quais se juntam seis por cento das receitas angariadas pela federação camaronesa no Mundial'2014.

O comité organizador local do Campeonato do Mundo refere que a equipa camaronesa é esperada no Rio de Janeiro na segunda-feira, às 4:00 locais.

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247