Candidato de Campos empata com Monteiro

Comoção pela trágica morte de Eduardo Campos faz Paulo Câmara (PSB) subir 23 pontos e empatar com Armando Monteiro Neto (PTB) na disputa pelo governo de Pernambuco, de acordo com o Datafolha; os dois estão com 36% das intenções de voto; na simulação de segundo turno, eles também estão tecnicamente empatados: Câmara tem 40% e Monteiro, 39%

Comoção pela trágica morte de Eduardo Campos faz Paulo Câmara (PSB) subir 23 pontos e empatar com Armando Monteiro Neto (PTB) na disputa pelo governo de Pernambuco, de acordo com o Datafolha; os dois estão com 36% das intenções de voto; na simulação de segundo turno, eles também estão tecnicamente empatados: Câmara tem 40% e Monteiro, 39%
Comoção pela trágica morte de Eduardo Campos faz Paulo Câmara (PSB) subir 23 pontos e empatar com Armando Monteiro Neto (PTB) na disputa pelo governo de Pernambuco, de acordo com o Datafolha; os dois estão com 36% das intenções de voto; na simulação de segundo turno, eles também estão tecnicamente empatados: Câmara tem 40% e Monteiro, 39% (Foto: Roberta Namour)

247 – A morte precoce do presidenciável Eduardo Campos (PSB) mudou o cenário eleitoral em Pernambuco. Em meio à comoção pela tragédia, Paulo Câmara (PSB), afilhado político do ex-governador, subiu 23 pontos e empatou com Armando Monteiro Neto (PTB), de acordo com o Datafolha.

Câmara agora tem 36%, mesmo índice de Monteiro, que divide palanque no Estado com o PT da presidente Dilma Rousseff. Foram ouvidas 1.185 pessoas e a margem de erro é de três pontos.

Na pesquisa anterior, de 12 e 13 de agosto, Monteiro tinha 47%, contra 13% de Câmara.

Na simulação de segundo turno entre os candidatos estão em empate técnico: Câmara tem 40% e Monteiro, 39%.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247