Capitão Wagner volta a atacar Ciro Gomes

O deputado estadual Capitão Wagner (PR) voltou a atacar o ex-ministro e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT). Em pronunciamento na Assembleia Legislativa nesta terça (4), ele criticou a postura do pré-candidato à presidência da República em relação às notícias que circulam na mídia nacional referentes ao pleito eleitoral de 2018. "Temos visto uma 'verborragia' muito grande em relação aos discursos sem coerência e sem cautela", disse o parlamentar, citando ainda declarações recentes de Ciro sobre o juiz Sérgio Moro e o prefeito de São Paulo, João Dória

O deputado estadual Capitão Wagner (PR) voltou a atacar o ex-ministro e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT). Em pronunciamento na Assembleia Legislativa nesta terça (4), ele criticou a postura do pré-candidato à presidência da República em relação às notícias que circulam na mídia nacional referentes ao pleito eleitoral de 2018. "Temos visto uma 'verborragia' muito grande em relação aos discursos sem coerência e sem cautela", disse o parlamentar, citando ainda declarações recentes de Ciro sobre o juiz Sérgio Moro e o prefeito de São Paulo, João Dória
O deputado estadual Capitão Wagner (PR) voltou a atacar o ex-ministro e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT). Em pronunciamento na Assembleia Legislativa nesta terça (4), ele criticou a postura do pré-candidato à presidência da República em relação às notícias que circulam na mídia nacional referentes ao pleito eleitoral de 2018. "Temos visto uma 'verborragia' muito grande em relação aos discursos sem coerência e sem cautela", disse o parlamentar, citando ainda declarações recentes de Ciro sobre o juiz Sérgio Moro e o prefeito de São Paulo, João Dória (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - Em pronunciamento na Assembleia Legislativa do Ceará nesta terça-feira (4), o deputado estadual Capitão Wagner (PR) criticou a postura do pré-candidato à presidência da República, Ciro Gomes (PDT), em relação às notícias que circulam na mídia nacional referentes ao pleito eleitoral de 2018. O deputado ressaltou a necessidade que o presidenciável tem de ganhar espaço na mídia. “Temos visto uma ‘verborragia’ muito grande em relação aos discursos sem coerência e sem cautela, utilizados pelo ex-governador, envergonhando o Estado do Ceará”, disse. 

Capitão Wagner lembrou que o cenário que o povo brasileiro está vivendo é de violência e o ódio tem sido incitado pelas redes sociais, logo, na condição de pessoas públicas, com a responsabilidade que lhes foi dada, é importante evitar estimular a prática do ódio. “Infelizmente não é o que temos visto nessas últimas falas do pré-candidato. E o pior é o desrespeito às autoridades”, lamentou. 

O deputado citou ainda uma fala de Ciro Gomes, onde ele disparou que se o juiz federal Sérgio Moro, que está à frente de uma operação que é apoiada por toda a nação brasileira, determinar que a Polícia Federal o conduza para uma oitiva, ele irá receber os policiais federais “na bala”. Capitão Wagner ressaltou o grande trabalho que vem sendo feito pelo juiz Sérgio Mouro e lamentou, mais uma vez, o descontrole do pedetista.  

Para Capitão Wagner, Ciro Gomes foi além quando classificou como “farsante” o prefeito da cidade de São Paulo, João Dória. Para o deputado, um gestor que limpa a cidade, que consegue doações para a prefeitura, que tira os moradores da rua e os emprega, dando uma melhor condição de vida e é aprovado pela maior parcela da população da cidade merece, no mínimo, respeito. 

Pra finalizar, o deputado Capitão Wagner lamentou a postura de Ciro Gomes e externou sua vergonha, na condição de parlamentar e eleitor cearense por conta dessa pré-candidatura que muito mal trás ao Estado do Ceará. “A imagem que fica no Sul, no Sudeste, do povo cearense, é a de que somos pessoas prepotentes, arrogantes, que não corresponde com a realidade”, explicou.  

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247