Detran fecha cerco a quem usa celular dirigindo

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) inicia nesta quinta-feira ações de fiscalização no feriado da Semana Santa, em Salvador e na Estrada do Coco. Os fiscais estão de olho em motoristas que dirigem e usam o celular ao mesmo tempo; as blitzes também objetivam coibir que pessoas conduzam veículos após ingestão de bebida alcoólica, além de impedir o uso irregular de quadriciclos em praias do Litoral Norte

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) inicia nesta quinta-feira ações de fiscalização no feriado da Semana Santa, em Salvador e na Estrada do Coco. Os fiscais estão de olho em motoristas que dirigem e usam o celular ao mesmo tempo; as blitzes também objetivam coibir que pessoas conduzam veículos após ingestão de bebida alcoólica, além de impedir o uso irregular de quadriciclos em praias do Litoral Norte
O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) inicia nesta quinta-feira ações de fiscalização no feriado da Semana Santa, em Salvador e na Estrada do Coco. Os fiscais estão de olho em motoristas que dirigem e usam o celular ao mesmo tempo; as blitzes também objetivam coibir que pessoas conduzam veículos após ingestão de bebida alcoólica, além de impedir o uso irregular de quadriciclos em praias do Litoral Norte (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) inicia nesta quinta-feira (24) ações de fiscalização no feriado da Semana Santa, em Salvador e na Estrada do Coco. Os fiscais estão de olho em motoristas que dirigem e usam o celular ao mesmo tempo.
As blitzes também objetivam coibir que pessoas conduzam veículos após ingestão de bebida alcoólica, além de impedir o uso irregular de quadriciclos em praias do Litoral Norte.

As operações do Detran continuam até o Domingo de Páscoa (27), com o apoio de policiais militares capacitados pelo órgão para abordagens educativas. Na ação, os condutores vão ser orientados sobre o risco de dirigir usando o celular e as consequências da Lei Seca.

"O cidadão tem se mostrado mais consciente [evitando dirigir após ingerir bebida alcoólica], mas o celular ainda é um [equipamento] inseparável do motorista, e [esse hábito] precisa ser abolido. Vamos fiscalizar com rigor essa prática, que aumenta em 400% o risco de acidentes, segundo a Organização Mundial de Saúde [Saúde]", alerta o assessor especial do Detran, coronel Alfredo Castro.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247