"Dilma não está a altura do cargo de presidente"

O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) realizou um de seus discursos mais duros contra a presidente Dilma Rousseff (PT); na Tribuna do  Senado, o parlamentar afirmou que Dilma “mentiu” durante sua visita ao Complexo Industrial Portuário de Suape, na Região Metropolitana do Recife (RMR), ao dizer que a oposição está tentando destruir a imagem da Petrobras; “Em comício eleitoral, bancado com dinheiro público, avião presidencial, casaco vermelho, da cor do PT, ela foi a Pernambuco e faltou com a verdade. Mentiu. É a corrupção que está destruindo a Petrobras", afirmou; para ele, Dilma “não está à altura do cargo de presidente da República”

O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) realizou um de seus discursos mais duros contra a presidente Dilma Rousseff (PT); na Tribuna do  Senado, o parlamentar afirmou que Dilma “mentiu” durante sua visita ao Complexo Industrial Portuário de Suape, na Região Metropolitana do Recife (RMR), ao dizer que a oposição está tentando destruir a imagem da Petrobras; “Em comício eleitoral, bancado com dinheiro público, avião presidencial, casaco vermelho, da cor do PT, ela foi a Pernambuco e faltou com a verdade. Mentiu. É a corrupção que está destruindo a Petrobras", afirmou; para ele, Dilma “não está à altura do cargo de presidente da República”
O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) realizou um de seus discursos mais duros contra a presidente Dilma Rousseff (PT); na Tribuna do  Senado, o parlamentar afirmou que Dilma “mentiu” durante sua visita ao Complexo Industrial Portuário de Suape, na Região Metropolitana do Recife (RMR), ao dizer que a oposição está tentando destruir a imagem da Petrobras; “Em comício eleitoral, bancado com dinheiro público, avião presidencial, casaco vermelho, da cor do PT, ela foi a Pernambuco e faltou com a verdade. Mentiu. É a corrupção que está destruindo a Petrobras", afirmou; para ele, Dilma “não está à altura do cargo de presidente da República” (Foto: Paulo Emílio)

Pernambuco 247 - O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) realizou um de seus discursos mais duros contra a presidente Dilma Rousseff (PT) e contra a administração do Governo Federal.na Tribuna do  Senado, o parlamentar afirmou que Dilma “mentiu” durante sua visita ao Complexo Industrial Portuário de Suape, na Região Metropolitana do Recife (RMR), ao dizer que a oposição está tentando destruir a imagem da Petrobras. “Em comício eleitoral, bancado com dinheiro público, avião presidencial, casaco vermelho, da cor do PT, ela foi a Pernambuco e faltou com a verdade. Mentiu. É a corrupção que está destruindo a Petrobras. Não é a oposição, não é a mídia, não é a imprensa”, disparou o parlamentar. Para ele, Dilma “não está à altura do cargo de presidente da República”.

“Quem desvalorizou a Petrobras, reduzindo seu valor a quase um terço do que era? Foi exatamente a política irresponsável do ex-presidente Lula [Luís Inácio Lula da Silva (PT)], mantida pela senhora Dilma”, atacou o parlamentar. “Quem entregou os cargos da Petrobras a deputados e senadores da base, pessoas desqualificadas, sem nenhum compromisso com a maior estatal do Brasil?”, acrescentou o peemedebista.

Como exemplo, o senador usou o nome do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, acusado de lavagem de dinheiro e que se encontra preso em Curitiba (PR). Costa foi nomeado pelo ex-presidente Lula. “Ele foi mantido no cargo pela vontade da atual presidente do Brasil, a senhora Dilma. Quem está sendo acusado de ladrão é ele”, afirmou Jarbas, acrescentando que os indicados da base entram na Petrobras “para roubar, para meter a mão”.

“Aí acontece o que aconteceu com esse Paulo Roberto. São fatos escabrosos, que são mostrados pelas revistas do final de semana, pelo Jornal Nacional de todos os dias. Eles trazem essas figuras asquerosas nomeadas por Lula e mantidas por Dilma”, afirmou. “Uma figura perniciosa, que praticou todos os atos de irresponsabilidade e corrupção dentro da Petrobras era esse diretor do setor de Abastecimento. E como é que os culpados somos nós, o PSDB, os dissidentes do PMDB, o PSB?”, questionou o senador.

Os petistas condenados no Mensalão e presos no presídio da Papuda, em Brasília, também foram citados. “Ela [Dilma] deveria chamar a atenção deles para não fazerem mais o que fizeram. Ela deveria falar com para o Paulo Roberto, que é ligadíssimo à figura do André Vargas, que está para renunciar ao mandato de deputado. Ao doleiro Alberto Youssef, que está preso e mantém relação estreita com a Petrobras. Como é que ocorre isso tudo e a oposição é responsabilizada por Dilma?”, perguntou o senador.

Nem mesmo a própria figura da presidente foi poupada dos disparos de Jarbas. “É se tornar uma figura cínica, quando todos os meios de comunicação apontam, indicam o assalto que está sendo feito dentro da Petrobras, de quebrar a empresa, e ela vem responsabilizar a oposição. Não somos nós que determinamos o congelamento do preço do combustível, levando em conta o debate eleitoral de outubro”, ironizou.

“São esses fatos que desmoralizam a Petrobras, e a senhora Dilma é a única responsável por isso. Ela não pode achar que vai fazer um comício eleitoral no meu Estado, falar o que ela falou e ficar por isso mesmo. Ela está enganando a opinião pública, ela não está à altura do cargo de presidente da República”, finalizou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247