Dólar fecha em R$ 4,14, mesmo com intervenção do BC

Moeda norte-americana registrou alta de 2,28% e fechou esta quarta-feira (23) cotada a R$ 4,1461, apesar das intevenções realizadas pelo Banco Central para segurar o câmbio; este foi o maior avanço do dólar em três semanas

Um funcionário de um banco conta notas de cem dólares na sede do banco em Seul. O dólar chegou a recuar 2 por cento nesta quinta-feira, à casa dos 2,26 reais, após pesquisa mostrar queda na aprovação do governo da presidente Dilma Rousseff, num momento em
Um funcionário de um banco conta notas de cem dólares na sede do banco em Seul. O dólar chegou a recuar 2 por cento nesta quinta-feira, à casa dos 2,26 reais, após pesquisa mostrar queda na aprovação do governo da presidente Dilma Rousseff, num momento em (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - O dólar registrou o maior avanço em três semanas nesta quarta-feira e encostou em 4,15 reais, apesar da pesada ofensiva do Banco Central, que realizou ao todo quatro intervenções no mercado de câmbio, mas não conseguiu afastar a moeda norte-americana das máximas da sessão.

O dólar encerrou em alta de 2,28 por cento, a 4,1461 reais, novo patamar recorde de fechamento. Na máxima do dia, o dólar chegou a ser cotado a 4,1517 reais.

Esta foi a quinta sessão consecutiva de alta, com a moeda norte-americana acumulando avanço de 8,14 por cento no período.

(Por Bruno Federowski)

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247