Dona Iris monopoliza caravana e espanta aliados

Deputada comanda 1ª edição do movimento e visita cinco cidades do interior; poucas lideranças políticas foram ao evento e só dois deputados do PMDB marcaram presença. Ninguém do PT apareceu, obedecendo a um suposto boicote ordenado por Rubens Otoni. Bilionário Júnior Friboi também se ausentou e mandou representante. Dona Iris ignora adversidades, diz que caravana foi sucesso, que já recebeu mais convites e avisa que sua missão não é conquistar líderes partidários, mas sim esclarecer o povo

Dona Iris monopoliza caravana e espanta aliados
Dona Iris monopoliza caravana e espanta aliados
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247_ A deputada federal Iris de Araújo (PMDB) realizou na sexta-feira (12) a primeira edição de sua caravana da oposição pelo interior de Goiás. O movimento tem como objetivo fortalecer o discurso dos partidos oposicionistas e expor as falhas do governo de Marconi Perillo.

A caravana passou pelas cidades de Ceres, Santa Isabel, Rianápolis, Jaraguá e São Francisco. A base da caravana foi em Ceres que sediou o encontro na Câmara Municipal. O jornal Tribunal do Planalto, que enviou repórter para cobrir o evento, afirmou em reportagem que apesar de poucas lideranças políticas, cerca de 200 pessoas estiveram na Câmara de Ceres.

De fato, faltaram lideranças de peso, principalmente do PT, maior aliado do PMDB na oposição goiana. A desculpa foi a mesma de sempre: conflito de agendas. Do PMDB, marcaram presença os deputados Bruno Peixoto e José Essado e o vice-prefeito de Goiânia, Agenor Mariano.

Júnior Friboi (PSB), que está prestes a desembarcar no PMDB, mandou representante. A primeira edição da caravana de Dona Iris ainda teve um componente polêmico. O suposto boicote de lideranças petistas orquestrado pelo deputado federal Rubens Otoni.

Ele teria feito uma reunião com líderes da legenda e vetado a presença de petistas na caravana da esposa de Iris. Em cada entrevista e em cada gesto, Otoni deixa claro que não concorda com o PMDB soberano na cabeça de chapa. Em recente reunião com petistas, ele disse que um dos objetivos do partido é eleger em 2014 o primeiro governador petista da história de Goiás.

Para comentar a caravana, Dona Iris usou sua mais preferida tribuna, o Twitter. Primeiro disse que o movimento foi um sucesso e que não para de receber convites para novas andanças.

Por fim mandou um recado para aqueles que não foram e para os que criticaram a ausência de mais líderes políticos na primeira edição: “Caravana das oposições foi criada para esclarecer o povo e não conquistar líderes partidários. Não é minha missão”, escreveu em post no microblog.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247