Doria é barrado ao tentar discursar em carro do MBL

Movimento Brasil Livre não permitiu que o apresentador e empresário João Doria, pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, discursasse no carro de som que o grupo utilizava na manifestação contra o governo neste domingo na Avenida Paulista; "Procuramos dar espaço apenas aos políticos que vão votar o impeachment no Congresso. Por isso vetamos vereadores, por exemplo", disse Renan Santos, um dos coordenadores do MBL

Movimento Brasil Livre não permitiu que o apresentador e empresário João Doria, pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, discursasse no carro de som que o grupo utilizava na manifestação contra o governo neste domingo na Avenida Paulista; "Procuramos dar espaço apenas aos políticos que vão votar o impeachment no Congresso. Por isso vetamos vereadores, por exemplo", disse Renan Santos, um dos coordenadores do MBL
Movimento Brasil Livre não permitiu que o apresentador e empresário João Doria, pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, discursasse no carro de som que o grupo utilizava na manifestação contra o governo neste domingo na Avenida Paulista; "Procuramos dar espaço apenas aos políticos que vão votar o impeachment no Congresso. Por isso vetamos vereadores, por exemplo", disse Renan Santos, um dos coordenadores do MBL (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SP 247 - O Movimento Brasil Livre (MBL) não permitiu que o apresentador e empresário João Doria discursasse no carro de som que o grupo utilizava na manifestação contra o governo federal neste domingo na Avenida Paulista, centro da capital. "Procuramos dar espaço apenas aos políticos que vão votar o impeachment no Congresso. Por isso vetamos vereadores, por exemplo", disse Renan Santos, um dos coordenadores do MBL.

Doria quer viabilizar seu nome para ser candidato a prefeito de São Paulo pelo PSDB, e os tucanos apostavam que esta seria uma boa oportunidade, que acabou não acontecendo.

Lideranças de oposição se revezaram no microfone do MBL, deixando claro que os movimentos que estavam na rua hoje têm lado político, e não defendem apenas a democracia, como pregam seus Líderes. É a primeira vez que deputados e senadores participaram do ato do MBL, que nos primeiros protestos rechaçava a participação de políticos.

Discursaram no carro do grupo os deputados Mendonça Filho ( DEM-PE), Ônix Lorenzoni (DEM-RS), Carlos Sampaio (PSDB-SP), Roberto Freire (PPS-PE), Bruno Covas (PSDB-SP), e o senador Ronaldo Caiado ( DEM-MT), entre outros.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email