É preciso combater e punir mídia manipuladora, diz Sindjorce

Para a presidente do Sindicato dos Jornalistas do Ceará (Sindjorce), Samira de Castro, a criação do Conselho Federal de Jornalistas é o caminho para punir os maus profissionais e evitar coberturas tendenciosas dos acontecimentos nacionais. Ela classifica como "impressionante" o nível de manipulação dos grandes noticiários e defende a democratização da comunicação para "combater esse golpe em marcha"      

Para a presidente do Sindicato dos Jornalistas do Ceará (Sindjorce), Samira de Castro, a criação do Conselho Federal de Jornalistas é o caminho para punir os maus profissionais e evitar coberturas tendenciosas dos acontecimentos nacionais. Ela classifica como "impressionante" o nível de manipulação dos grandes noticiários e defende a democratização da comunicação para "combater esse golpe em marcha"
 
 
 
Para a presidente do Sindicato dos Jornalistas do Ceará (Sindjorce), Samira de Castro, a criação do Conselho Federal de Jornalistas é o caminho para punir os maus profissionais e evitar coberturas tendenciosas dos acontecimentos nacionais. Ela classifica como "impressionante" o nível de manipulação dos grandes noticiários e defende a democratização da comunicação para "combater esse golpe em marcha"       (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará247 - A participação escancarada da mídia nacional no golpe contra a democracia é vista com preocupação pelo Sindicato dos Jornalistas do Ceará (Sindjorce). Para a presidente Samira de Castro, “é impressionante o nível de manipulação que se vê hoje em todos os grandes noticiários das grandes emissoras”, disse, durante vigília em favor da democracia realizada na manhã desta quinta-feira (17), na Praça do Ferreira, Centro de Fortaleza.

Em sua avaliação, é preciso fazer com urgência a “mídia contra-hegemônica” e democratizar os meios de comunicação. “Não só por retórica, mas pra combater esse golpe em marcha e garantir nossa democracia”. 

Para além disso, Samira entende que a criação do Conselho Nacional dos Jornalistas no Congresso é o caminho para garantir uma cobertura jornalística imparcial e honesta. “Só ele [o Conselho Federal de Jornalistas] pode regular nossa profissão e punir os maus profissionais, os que manipulam as coberturas, os que destróem a função social do jornalismo”, afirmou. 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247