“É um sinal para mantermos o Estatuto do Desarmamento”, diz Acrísio

Em pronunciamento na Câmara Municipal, vereador Acrísio Sena (PT) chamou atenção para o atentado ocorrido em Las Vegas para debater sobre a revogação do Estatuto do Desarmamento no Brasil e o uso de armas letais pela Guarda Municipal. "É um sinal para mantermos o Estatuto do Desarmamento. Quanto mais armas circulando mais teremos violência com essas armas de fogo. E é uma incorreção armar a Guarda Municipal. Uma coisa é ter o pelotão especial, outra é armar todos eles", opinou

Em pronunciamento na Câmara Municipal, vereador Acrísio Sena (PT) chamou atenção para o atentado ocorrido em Las Vegas para debater sobre a revogação do Estatuto do Desarmamento no Brasil e o uso de armas letais pela Guarda Municipal. "É um sinal para mantermos o Estatuto do Desarmamento. Quanto mais armas circulando mais teremos violência com essas armas de fogo. E é uma incorreção armar a Guarda Municipal. Uma coisa é ter o pelotão especial, outra é armar todos eles", opinou
Em pronunciamento na Câmara Municipal, vereador Acrísio Sena (PT) chamou atenção para o atentado ocorrido em Las Vegas para debater sobre a revogação do Estatuto do Desarmamento no Brasil e o uso de armas letais pela Guarda Municipal. "É um sinal para mantermos o Estatuto do Desarmamento. Quanto mais armas circulando mais teremos violência com essas armas de fogo. E é uma incorreção armar a Guarda Municipal. Uma coisa é ter o pelotão especial, outra é armar todos eles", opinou (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - O vereador Acrísio Sena (PT) trouxe para a tribuna do Legislativo, na manhã desta terça-feira (3), um debate sobre a revogação do Estatuto do Desarmamento no Brasil e o uso de armas letais pela Guarda Municipal de Fortaleza.

O parlamentar utilizou o ocorrido em Las Vegas, no último domingo (01), onde um cidadão americano atirou contra várias pessoas que estavam assistindo a um festival de música, ocasionando a morte de 59 pessoas e deixando 597 pessoas feridas, para provocar uma discussão sobre a liberação do porte de arma no Brasil.

O vereador destacou que nos EUA o americano pode comprar uma arma em qualquer estabelecimento. Ele afirmou que 320 milhões de habitantes desse país possuem arma de fogo em casa e que nos últimos 471 dias, ocorreram 570 disparos de arma de fogo. Após apresentar uma pequena "radiografia da violência nos Estados Unidos", Acrísio colocou que essa realidade faz parte de um país cuja legislação facilita a compra de arma.

Para Acrísio, esse é o momento para voltar o debate sobre o uso de arma de fogo no Brasil. "É um sinal para mantermos o Estatuto do Desarmamento. Quanto mais armas circulando mais teremos violência com essas armas de fogo. E é uma incorreção armar a Guarda Municipal. Uma coisa é ter o pelotão especial, outra é armar todos eles", opinou o vereador.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247