Estado de saúde de ex-ministro é crítico

O estado de saúde do ex-ministro da Justiça Fernando Lyra é crítico, tendo piorado nas últimas 24 horas; Lyra respira com ajuda de aparelhos e foi submetido a sedação contínua. De acordo com boletim médico, o pernambucano de 74 anos está com insuficiência cardíaca congestiva (ICC) grave associada a uma insuficiência renal aguda.

Estado de saúde de ex-ministro é crítico
Estado de saúde de ex-ministro é crítico
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

PE247 – O estado de saúde do ex-ministro da Justiça Fernando Lyra é crítico, tendo piorado nas últimas 24 horas, segundoo boletim médico divulgado nesta quinta-feira (31) pelo Instituto do Coração (Incor). Lyra respira com ajuda de aparelho mecânico e foi submetido à sedação contínua. De acordo com o hospital, o pernambucano de 74 anos está com insuficiência cardíaca congestiva (ICC) grave associada a uma insuficiência renal aguda.

Lyra, de 74 anos, foi internado no último dia 29 de dezembro e ficou até o dia 4 de janeiro no Hospital Português, Ilha do Retiro, Zona Oeste do Recife, por insuficiência cardíaca e renal. Após este período, foi transferido para o Incor, ligado à Universidade de São Paulo (USP).

O ex-ministro, que é irmão do vice-governador de Pernambuco, João Lyra Neto (PDT), foi deputado federal por seis vezes (três consecutivas), além de ter sido um dos principais integrantes do movimento “Autênticos MDB”, que brigava pela redemocratização do País durante a ditadura militar.

Formado em Direito pela Faculdade de Direito de Caruaru, Lyra foi ministro da Justiça no governo de José Sarney de março de 1985 a fevereiro de 1986. Quando era do PDT, foi vice do então candidato a presidente da República, Leonel Brizola, em 1989.

O ex-parlamentar também ocupou a presidência da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) de 2003 a 2011 e participou das campanhas eleitorais do atual govenador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), em 2006 e 2010. Nos anos 90, Lyra havia ingressado para o PSB. Atualmente, ele escreve artigos para a revista Carta Capital. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247