Eunício nega que será relator do impeachment no Senado

O senador Eunício Oliveira (PMDB) rebateu informação publicada pela Folha de S. Paulo e declarou que não será o relator do processo de impeachment da presidente Dilma (PT) no Senado, caso a matéria seja aprovada na Câmara dos Deputados neste domingo (17). Por meio de sua assessoria, o peemedebista revelou que, como líder da legenda na Casa, foi delegado para indicar quem presidirá o processo

O senador Eunício Oliveira (PMDB) rebateu informação publicada pela Folha de S. Paulo e declarou que não será o relator do processo de impeachment da presidente Dilma (PT) no Senado, caso a matéria seja aprovada na Câmara dos Deputados neste domingo (17). Por meio de sua assessoria, o peemedebista revelou que, como líder da legenda na Casa, foi delegado para indicar quem presidirá o processo
O senador Eunício Oliveira (PMDB) rebateu informação publicada pela Folha de S. Paulo e declarou que não será o relator do processo de impeachment da presidente Dilma (PT) no Senado, caso a matéria seja aprovada na Câmara dos Deputados neste domingo (17). Por meio de sua assessoria, o peemedebista revelou que, como líder da legenda na Casa, foi delegado para indicar quem presidirá o processo (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará247 - Líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira (CE) não assumirá a condição de relator do processo de impeachment no Senado, caso a matéria seja aprovada na Câmara dos Deputados, neste domingo (17). Nesta quarta-feira (13), o senador rebateu, por meio de sua assessoria de imprensa, nota publicada no jornal Folha de S. Paulo que o colocou como relator.

O parlamentar informou que foi apenas delegado para indicar quem presidirá o processo, mas ressalta que nada ficou definido. Sabe-se apenas que o escolhido será um parlamentar peemedebista que tenha trânsito livre e apto a um diálogo amplo com as lideranças dos demais partidos na Casa.

Eunício também falou sobre o prazo da tramitação do processo no Senado. Após a chegada da demanda na Casa, a sessão que definirá o afastamento da presidente do cargo deverá acontecer em até 15 dias.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247