Fifa pode substituir Copa das Confederações por nova competição de clubes

Para o presidente da FIFA, Gianni Infantino, o atual Mundial de Clubes é uma bela competição, mas não tem tido o impacto esperado entre os clubes e também entre os torcedores; a FIFA  estuda mudar o formato da competição, realizando o torneio a cada 4 anos, substituindo a Copa das Confederações

Para o presidente da FIFA, Gianni Infantino, o atual Mundial de Clubes é uma bela competição, mas não tem tido o impacto esperado entre os clubes e também entre os torcedores; a FIFA  estuda mudar o formato da competição, realizando o torneio a cada 4 anos, substituindo a Copa das Confederações
Para o presidente da FIFA, Gianni Infantino, o atual Mundial de Clubes é uma bela competição, mas não tem tido o impacto esperado entre os clubes e também entre os torcedores; a FIFA  estuda mudar o formato da competição, realizando o torneio a cada 4 anos, substituindo a Copa das Confederações (Foto: Charles Nisz)

Reuters - A Fifa pode substituir a Copa das Confederações por uma nova competição internacional de clubes, anunciou o presidente da federação internacional de futebol, Gianni Infantino, nesta sexta-feira (27).

Infantino também confirmou que a Fifa reconhecerá oficialmente como campeões mundiais de clubes os vencedores da antiga Copa Intercontinental, competição que data dos anos 1960 disputada entre os campeões da Europa e da América do Sul.

Atualmente a Fifa organiza o Mundial de Clubes todos os anos com os times campeões de cada continente, mas ultimamente vem tendo problemas com o domínio dos times europeus, diante dos quais equipes de outras regiões não conseguem representar um desafio à altura.

A Copa das Confederações é realizada um ano antes da Copa do Mundo e conta com os respectivos campeões nacionais de cada continente.

“O atual Mundial de Clubes é uma bela competição, mas não tem tido o impacto que esperávamos no desenvolvimento do futebol de clubes pelo mundo”, disse Infantino em uma coletiva de imprensa após uma reunião do Conselho da Fifa.

“Temos que ver se conseguimos imaginar algo especial, algo novo que ajudará o futebol de clubes e as confederações de todo o mundo. Quando a Fifa organiza uma competição, deveria ser algo especial, então ou encontramos um torneio especial ou é melhor não o fazermos”.

Mas Infantino enfatizou que é importante não congestionar ainda mais o calendário internacional.

“Uma opção poderia ser organizá-lo em vez da Copa das Confederações”, disse.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247