Goleiro Bruno tira fotos com fãs e diz ter proposta de nove times

Em liberdade após uma decisão do STF, Bruno, que é acusado de mandar matar a ex-namorada, se apresentou no Fórum de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na tarde desta quinta-feira 2, e foi recebido com pedidos de selfies de fãs; advogado disse que ele informou endereço de BH, mas que pode se mudar por causa de nove propostas de trabalho em quatro estados brasileiros; duas são de times da série A

Em liberdade após uma decisão do STF, Bruno, que é acusado de mandar matar a ex-namorada, se apresentou no Fórum de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na tarde desta quinta-feira 2, e foi recebido com pedidos de selfies de fãs; advogado disse que ele informou endereço de BH, mas que pode se mudar por causa de nove propostas de trabalho em quatro estados brasileiros; duas são de times da série A
Em liberdade após uma decisão do STF, Bruno, que é acusado de mandar matar a ex-namorada, se apresentou no Fórum de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na tarde desta quinta-feira 2, e foi recebido com pedidos de selfies de fãs; advogado disse que ele informou endereço de BH, mas que pode se mudar por causa de nove propostas de trabalho em quatro estados brasileiros; duas são de times da série A (Foto: Gisele Federicce)

Minas 247 - Solto após um pedido de habeas corpus ser aceito pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, o goleiro Bruno tirou fotos com fãs nesta quinta-feira 2 e disse ter propostas de nove times, sendo dois da série A do Campeonato Brasileiro.

Ele se apresentou no Fórum de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e foi recebido por um grupo de fãs que pediram para tirar selfies. O advogado de Bruno disse que ele informou à Justiça um endereço de BH, mas que pode se mudar da capital por causa de nove propostas de trabalho em quatro estados brasileiros, duas de times da série A.

Bruno é acusado de mandar matar a ex-namorada, Eliza Samúdio. Ele foi condenado em primeira instância, pela Justiça de Minas Gerais, por homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado, e agora aguarda em liberdade o julgamento de seu recurso.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247