Governo entrega obras de saneamento do Francês

A obra de saneamento da orla do Francês, um dos cartões postais de Alagoas, vai beneficiar 15 mil habitantes e será peça fundamental para a saúde da população e para o desenvolvimento do turismo; estrutura funciona com um sistema coletor de 18,5 quilômetros, sete estações elevatórias, estação de tratamento de esgoto e 5,8 quilômetros de emissário de recalque; estação de tratamento conta com um centro de pesquisa e análise que servirá para avaliar a eficiência do tratamento e corrigir os processos de despoluição do esgoto recebido

A obra de saneamento da orla do Francês, um dos cartões postais de Alagoas, vai beneficiar 15 mil habitantes e será peça fundamental para a saúde da população e para o desenvolvimento do turismo; estrutura funciona com um sistema coletor de 18,5 quilômetros, sete estações elevatórias, estação de tratamento de esgoto e 5,8 quilômetros de emissário de recalque; estação de tratamento conta com um centro de pesquisa e análise que servirá para avaliar a eficiência do tratamento e corrigir os processos de despoluição do esgoto recebido
A obra de saneamento da orla do Francês, um dos cartões postais de Alagoas, vai beneficiar 15 mil habitantes e será peça fundamental para a saúde da população e para o desenvolvimento do turismo; estrutura funciona com um sistema coletor de 18,5 quilômetros, sete estações elevatórias, estação de tratamento de esgoto e 5,8 quilômetros de emissário de recalque; estação de tratamento conta com um centro de pesquisa e análise que servirá para avaliar a eficiência do tratamento e corrigir os processos de despoluição do esgoto recebido (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

 

Mariana Peixoto/Agência Alagoas - O governador Renan Filho fará a entrega, nesta quinta-feira (14), às 10h, das obras de saneamento da orla do Francês, no município de Marechal Deodoro. A região é um dos cartões postais de Alagoas e importante polo turístico do Estado, portanto, uma das prioridades do governo no processo de desenvolvimento econômico local. A solenidade de entrega acontece na Rua Carapeba (Rua das Pousadas).

 

O presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Henrique Pires, estará presente à solenidade. A obra, realizada pelo governo do Estado, em convênio com a Funasa - vinculada ao Ministério da Saúde -, foi executada pela Secretaria de Estado da Infraestrutura. A Prefeitura de Marechal Deodoro será a responsável pela administração do sistema de esgotamento.

 

De acordo com a secretária de Estado da Infraestrutura, Maria Aparecida Machado, o sistema de esgotamento foi projetado para beneficiar 15 mil habitantes. A secretária ressalta que a obra significa melhoria para a saúde da população e desenvolvimento do turismo. "Além da saúde, esta obra traz ganhos também para a economia da região e para o meio ambiente como um todo", afirmou.

 

A estrutura funciona com um sistema coletor de 18,5 quilômetros, sete estações elevatórias, estação de tratamento de esgoto e 5,8 quilômetros de emissário de recalque. A estação de tratamento conta com um centro de pesquisa e análise que servirá para avaliar a eficiência do tratamento e corrigir os processos de despoluição do esgoto recebido.

 

Somente após passar por esse rigoroso processo, as águas de esgoto já tratadas serão enviadas, através do emissário, para a Lagoa Manguaba, em Marechal Deodoro.

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247