Kátia pode voltar ao PSD para ficar na Agricultura

Ministra Kátia Abreu (PMDB) está conversando com o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, para que possa retornar ao partido, caso o PMDB confirme o rompimento com o governo Dilma Rousseff (PT) nesta terça-feira, 29; Kátia está no cargo por uma escolha pessoal da presidente Dilma; e no Tocantins, o PSD está sob o comando do filho da ministra, o deputado federal Irajá Abreu

Brasília - A ministra Kátia Abreu e secretários, dão coletiva sobre a reabertura de mercados para a carne brasileira, e fazem balanço das ações do ministério em 2015 (Elza Fiuza / Agência Brasil)
Brasília - A ministra Kátia Abreu e secretários, dão coletiva sobre a reabertura de mercados para a carne brasileira, e fazem balanço das ações do ministério em 2015 (Elza Fiuza / Agência Brasil) (Foto: Aquiles Lins)

Tocantins 247 - A ministra Kátia Abreu (PMDB) está conversando com o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, para que possa retornar ao partido, caso o PMDB confirme o rompimento com o governo Dilma Rousseff (PT) nesta terça-feira, 29.

Embora esteja no PMDB, Kátia está no cargo por uma escolha pessoal da presidente Dilma. Dessa forma, se o PMDB definir se retirar do governo, Kátia poderia então retornar ao PSD para permanecer no ministério.

No Tocantins, o PSD está sob o comando do filho da ministra, o deputado federal Irajá Abreu (Com informações do Portal CT).

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247