Maior chacina do Ceará deixa 18 pessoas mortas

Grupo de criminosos invadiu um forró onde se encontrava uma facção rival em Fortaleza, no Cerá, matando ao menos 18 pessoas (14 segundo a população) que estavam na festa; massacre aconteceu no evento conhecido como "Forró do Gago" por volta de 1h30 da madrugada deste sábado, quando vários homens armados chegaram em três carros, invadiram o local e dispararam tiros; suspeita principal é  que o crime tenha sido motivado por disputa de facções rivais

Grupo de criminosos invadiu um forró onde se encontrava uma facção rival em Fortaleza, no Cerá, matando ao menos 18 pessoas (14 segundo a população) que estavam na festa; massacre aconteceu no evento conhecido como "Forró do Gago" por volta de 1h30 da madrugada deste sábado, quando vários homens armados chegaram em três carros, invadiram o local e dispararam tiros; suspeita principal é  que o crime tenha sido motivado por disputa de facções rivais
Grupo de criminosos invadiu um forró onde se encontrava uma facção rival em Fortaleza, no Cerá, matando ao menos 18 pessoas (14 segundo a população) que estavam na festa; massacre aconteceu no evento conhecido como "Forró do Gago" por volta de 1h30 da madrugada deste sábado, quando vários homens armados chegaram em três carros, invadiram o local e dispararam tiros; suspeita principal é  que o crime tenha sido motivado por disputa de facções rivais (Foto: Paulo Emílio)

Sputnik - Um grupo de criminosos invadiu um forró onde se encontrava uma facção rival em Fortaleza, no Cerá, na madrugada deste sábado (27), matando ao menos 18 pessoas que estavam na festa.

De acordo com um policial civil que se encontrava no local do crime, foram 18 pessoas mortas, enquanto a comunidade local fala em 14 mortes. As autoridades ainda não divulgaram um número oficial e estão conduzindo a investigação.

​O massacre aconteceu no evento conhecido como "Forró do Gago" por volta de 1h30, quando vários homens armados chegaram em três carros, invadiram o local e dispararam tiros.

A suspeita principal é de que o crime tenha sido motivado por disputa de facções rivais. Não se sabe ainda a identidades dos atiradores, nem se houve detenção de algum suspeito.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247