“Não estou preocupado com possíveis adversários”, diz Rui

Após o anúncio de que o deputado federal Cícero Almeida vai se filiar ao PMDB para viabilizar o retorno dele à Prefeitura de Maceió, o prefeito Rui Palmeira (PSDB) disse não estar preocupado com os possíveis adversários nas eleições deste ano; Rui também afirmou que o grupo político dele vem se fortalecendo e está fechado com partidos como o PP, PDT e PR, uma base maior que na primeira eleição

Rui Palmeira - Prefeito de Macei� Foto:Marco Ant�nio/SECOM Macei�
Rui Palmeira - Prefeito de Macei� Foto:Marco Ant�nio/SECOM Macei� (Foto: Voney Malta)

 Alagoas 247 - Após o anúncio de que o deputado federal Cícero Almeida vai se filiar ao PMDB para viabilizar o retorno dele à Prefeitura de Maceió, o prefeito Rui Palmeira (PSDB) disse não estar preocupado com os possíveis adversários nas eleições deste ano. O atual gestor, pré-candidato à reeleição, disse que somente vai tratar sobre o pleito a partir de agosto e que vai continuar a rotina de trabalho.

"Não estou preocupado com possíveis adversários; estou preocupado em continuar trabalhando pela cidade e inaugurando obras. Não temos que ter preocupação com adversário. A eleição começa somente em agosto e, aí sim, vou me preocupar com campanha eleitoral. Enquanto isso, vamos continuar trabalhando", avalia Rui Palmeira.

Durante inauguração da reforma do terminal de ônibus do conjunto Osman Loureiro, no Clima Bom, o prefeito respondeu à imprensa quando foi comparado a Almeida no nível de penetração na periferia. Rui disse que o foco é trabalhar na cidade inteira. "Estamos com obras espalhadas por toda a cidade, no Benedito Bentes, Jacintinho, Santa Amélia, conjunto Divaldo Suruagy. Temos percorrido o maior número de áreas de Maceió buscando levar obras importantes para a população", afirmou. 

Rui Palmeira disse que o posicionamento da prefeitura em relação ao Governo do Estado continua o mesmo e que ele segue aberto para parcerias que beneficiem Maceió. 

"Institucionalmente minha posição é a mesma. Continuo à disposição do governador Renan Filho para as parcerias que sejam importantes para Maceió. Se ele entende ser importante investir na cidade e manter as parcerias, é muito bem-vindo. Nosso posicionamento continua independentemente de questões político-partidárias", pontuou. 

Rui também afirmou que o grupo político dele vem se fortalecendo e está fechado com partidos como o PP, PDT e PR. Segundo ele, uma base maior que na primeira eleição.

"Nosso grupo político tem se fortalecido nos últimos tempos, com o deputado Ronaldo Lessa, com o PDT, e com alguns vereadores que estão chegando. E nossa preocupação é fortalecer ainda mais. Mas isso é algo que vai nos preocupar a partir de agosto. Essa vai ser uma eleição curta, que vai se iniciar no dia 16 de agosto, e vamos cuidar de eleição no período eleitoral". 

O prefeito de Maceió disse que ainda não conservou com o governador depois do anúncio do Cícero Almeida e que quem tem que comentar isso é o PMDB. "Ainda não conversei com o governador Renan, mas estou aberto. Conversamos na quinta-feira passada e continuo aberto, independentemente da questão política. Já vinha havendo essa conversa. É uma decisão do PMDB e quem tem que comentar é o PMDB", diz. 

Sobre as manifestações ocorridas no último domingo, o prefeito disse que avaliava como positivas, mas que achava difícil achar uma solução para o país.

"As manifestações são positivas. Aconteceram de maneira pacata, não houve violência. O povo foi para a rua pra mostrar sua indignação com esse momento político e econômico, casos e casos de corrupção, desemprego, inflação. Sobre o Lula ser ministro, quem tem que ver isso é a presidente Dilma. É uma questão interna do PT e o que não conseguimos enxergar é uma saída para essa situação que se instalou no país", falou. 

Com gazetaweb.com

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247