‘Não vamos rever nomeação de Cristiane Brasil’, diz líder do PTB

O líder do PTB, Jovair Arantes (GO), afirmou nesta quarta-feira (10) que não há chances de a bancada rever a indicação da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) para o ministério do Trabalho; "Não tem troca de nome até uma decisão no Supremo Tribunal Federal", disse ele; Arantes negou a possibilidade de ele se apresentar como um nome possível para ocupar a pasta do Trabalho; "Zero (possibilidade)", disse; "Eu não aceitaria, sou líder da bancada, que é um dos melhores cargos que se possa ter", afirmou

O líder do PTB, Jovair Arantes (GO), afirmou nesta quarta-feira (10) que não há chances de a bancada rever a indicação da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) para o ministério do Trabalho; "Não tem troca de nome até uma decisão no Supremo Tribunal Federal", disse ele; Arantes negou a possibilidade de ele se apresentar como um nome possível para ocupar a pasta do Trabalho; "Zero (possibilidade)", disse; "Eu não aceitaria, sou líder da bancada, que é um dos melhores cargos que se possa ter", afirmou
O líder do PTB, Jovair Arantes (GO), afirmou nesta quarta-feira (10) que não há chances de a bancada rever a indicação da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) para o ministério do Trabalho; "Não tem troca de nome até uma decisão no Supremo Tribunal Federal", disse ele; Arantes negou a possibilidade de ele se apresentar como um nome possível para ocupar a pasta do Trabalho; "Zero (possibilidade)", disse; "Eu não aceitaria, sou líder da bancada, que é um dos melhores cargos que se possa ter", afirmou (Foto: Leonardo Lucena)

Goiás 247 - O líder do PTB, Jovair Arantes (GO), afirmou nesta quarta-feira (10) que não há chances de a bancada rever a indicação da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) para o ministério do Trabalho. "Não tem troca de nome até uma decisão no Supremo Tribunal Federal", disse ele. A entrevista foi concedida ao Estadão.

Arantes negou as especulações no Planalto sobre a possibilidade de ele se apresentar como um nome possível para ocupar a pasta do Trabalho. "Zero (possibilidade)", disse. "Eu não aceitaria, sou líder da bancada, que é um dos melhores cargos que se possa ter", afirmou.

O parlamentar teve nesta terça-feira (9) um encontro com Michel Temer, com Cristiane e com o presidente nacional do PTB Roberto Jefferson. De acordo com interlocutores de Temer, apesar do desgaste para o governo, ele manteve de que a pasta ficará com o PTB e afirmou que entraria com recurso na Suprema Corte para garantir a posse de Cristiane. Mas, de acordo com alguns auxiliares de Temer, levar o recurso ao Supremo pode gerar desgaste entre os poderes e o impacto de uma eventual derrota do governo seria alto.

Uma ação popular foi movida após a denúncia de que Cristiane Brasil foi condenada a pagar R$ 60 mil por dívidas trabalhistas com dois ex-motoristas. O juiz fixou multa de R$ 500 mil em caso de descumprimento da liminar, de acordo com relato do G1.

 

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247