Omissão do governo Alckmin eleva crise habitacional em SP

Segundo dados do próprio governo Alckmin, o déficit de moradias no estado de São Paulo chega a 1,5 milhão de moradias; para a bancada do PT na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, o quadro é resultado da falta de compromisso do governo Alckmin com essa demanda social, que não recebeu R$ 6 bilhões previstos para o setor nos últimos anos

Segundo dados do próprio governo Alckmin, o déficit de moradias no estado de São Paulo chega a 1,5 milhão de moradias; para a bancada do PT na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, o quadro é resultado da falta de compromisso do governo Alckmin com essa demanda social, que não recebeu R$ 6 bilhões previstos para o setor nos últimos anos
Segundo dados do próprio governo Alckmin, o déficit de moradias no estado de São Paulo chega a 1,5 milhão de moradias; para a bancada do PT na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, o quadro é resultado da falta de compromisso do governo Alckmin com essa demanda social, que não recebeu R$ 6 bilhões previstos para o setor nos últimos anos (Foto: Charles Nisz)

SP 247 - O déficit de moradias populares do Estado de São Paulo  já chegou à casa de um milhão e meio, segundo dados do próprio governo Alckmin. A falta de moradia tem multiplicado o número de sem teto, principalmente nas regiões de maior concentração populacional de São Paulo. Um dos casos mais emblemáticos é a ocupação da área do bairro Planalto de São Bernardo do Campo que abriga cerca de sete mil famílias de sem teto.

Para a bancada do PT na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, este quadro é resultado direto da falta de compromisso do governo Alckmin, com esta demanda social, que nos últimos anos deixou de aplicar R$ 6 bilhões no setor na construção de novas unidades, regularização, urbanização.

A CDHU – Companhia de desenvolvimento Habitacional de Urbano, órgão da gestão estadual do PSDB em São Paulo, há muitos anos tem refluído em seu papel no planejamento e execução das políticas públicas habitacionais de São Paulo. Em 2013, o governador Geraldo Alckmin prometeu entregar 10 mil unidades por meio do Programa de mutirão, em parceria com movimentos populares de moradia e promessa até agora não cumprida. 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247