RS antecipa ações de prevenção à microcefalia

O governador José Ivo Sartori e o secretário da Saúde, João Gabbardo dos Reis, participaram, no Palácio do Planalto, de reunião sobre ações e medidas de enfrentamento à microcefalia; convocado pela presidente Dilma, o encontro reuniu governadores, vice-governadores e secretários de Saúde de diversos estados brasileiros; "O Rio Grande do Sul registrou neste ano 1.283 casos de dengue, dos quais 1.039 autóctones, quando a doença é contraída no estado. Até o momento não temos registro de casos confirmados de febre chikungunya e zika vírus", informou Gabbardo

O governador José Ivo Sartori e o secretário da Saúde, João Gabbardo dos Reis, participaram, no Palácio do Planalto, de reunião sobre ações e medidas de enfrentamento à microcefalia; convocado pela presidente Dilma, o encontro reuniu governadores, vice-governadores e secretários de Saúde de diversos estados brasileiros; "O Rio Grande do Sul registrou neste ano 1.283 casos de dengue, dos quais 1.039 autóctones, quando a doença é contraída no estado. Até o momento não temos registro de casos confirmados de febre chikungunya e zika vírus", informou Gabbardo
O governador José Ivo Sartori e o secretário da Saúde, João Gabbardo dos Reis, participaram, no Palácio do Planalto, de reunião sobre ações e medidas de enfrentamento à microcefalia; convocado pela presidente Dilma, o encontro reuniu governadores, vice-governadores e secretários de Saúde de diversos estados brasileiros; "O Rio Grande do Sul registrou neste ano 1.283 casos de dengue, dos quais 1.039 autóctones, quando a doença é contraída no estado. Até o momento não temos registro de casos confirmados de febre chikungunya e zika vírus", informou Gabbardo (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio Grande do Sul - O governador José Ivo Sartori e o secretário da Saúde, João Gabbardo dos Reis, participaram nesta terça-feira (8), no Palácio do Planalto, de reunião sobre ações e medidas de enfrentamento à microcefalia. O encontro de trabalho, convocado pela presidente da República, Dilma Rousseff, reuniu governadores, vice-governadores e secretários de Saúde de diversos estados brasileiros.

"O Rio Grande do Sul registrou neste ano 1.283 casos de dengue, dos quais 1.039 autóctones, quando a doença é contraída no estado. Até o momento não temos registro de casos confirmados de febre chikungunya e zika vírus", informou o secretário João Gabbardo. De acordo com dados do Ministério da Saúde, até 28 de novembro foram notificados 1.248 casos de microcefalia no país, identificados em 311 municípios de 14 estados.

Para Sartori, a prevenção e o combate ao mosquito transmissor é fundamental, sendo necessário o engajamento de toda a sociedade. "No Rio Grande do Sul, instituímos desde o dia 2 de dezembro o Comitê Intersetorial de Combate ao Mosquito Aedes Aegypti, coordenado pela Secretaria da Saúde, ao lado de outras unidades do governo e Famurs. Esse é um desafio coletivo, que deve ser enfrentado de forma articulada e integrada", salientou o governador.

Um seminário sobre o tema reúne representantes de municípios gaúchos nesta quarta-feira (08), às 9h, no auditório do Centro Administrativo Fernando Ferrari, em Porto Alegre. O encontro é coordenado pela Secretaria da Saúde. 

*Com informações divulgadas pelo governo estadual


O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email