TJ-GO quer renegociar dívidas de IPTU

Mais de 70 mil ações de execução fiscal do município de Goiânia serão analisadas; a expectativa é que mais de 3 mil pessoas passem pelo local; aqueles que optarem por quitar o débito à vista terão desconto de até 95%, já que serão dispensados da multa moratória e dos juros de mora

Mais de 70 mil ações de execução fiscal do município de Goiânia serão analisadas; a expectativa é que mais de 3 mil pessoas passem pelo local; aqueles que optarem por quitar o débito à vista terão desconto de até 95%, já que serão dispensados da multa moratória e dos juros de mora
Mais de 70 mil ações de execução fiscal do município de Goiânia serão analisadas; a expectativa é que mais de 3 mil pessoas passem pelo local; aqueles que optarem por quitar o débito à vista terão desconto de até 95%, já que serão dispensados da multa moratória e dos juros de mora (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Conjur - A partir de terça-feira (20/8), o Tribunal de Justiça do Goiás fará um mutirão para negociar dívidas do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Mais de 70 mil ações de execução fiscal do município de Goiânia serão analisadas. A expectativa é que mais de 3 mil pessoas passem pelo local. Aqueles que optarem por quitar o débito à vista terão desconto de até 95%, já que serão dispensados da multa moratória e dos juros de mora.

A meta, segundo o juiz Paulo César Alves das Neves, coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do TJ-GO, é atingir pelo menos 65% de acordo em todas as ações acumuladas nas três varas da Fazenda Pública Municipal da capital. No total, 40 servidores da prefeitura negociarão com os devedores.

O mutirão acontece entre terça e sexta-feira (23/8) e também na segunda-feira (26/8), das 8h às 18h, no Tribunal de Justiça de Goiás (Avenida Assis Chateaubriand, 195, setor oeste, Goiânia).

Aqueles que não tiverem demandas ajuizadas e querem negociar seus débitos devem procurar as cinco lojas de atendimento da prefeitura, localizadas no Centro, Vila Nova, Serrinha, Cidade Jardim e Campinas, ou unidades do Vapt-Vupt da Praça da Bíblia, Araguaia Shopping, Buena Vista Shopping, Garavelo, Cidade Jardim, Campinas, Mangalô, Acieg e Juceg. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-GO.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email