Toinha Rocha diz que desconhece acordo entre Rede e PSB

A vereadora Toinha Rocha (Rede) disse, em tom de desabafo, que desconhece o possível acordo para que o dirigente estadual da Rede, Dimas Oliveira, assuma a vaga de vice de Heitor Ferrer (PSB) na disputa pela Prefeitura de Fortaleza. A parlamentar afirmou que ficou surpresa com a informação, divulgada hoje (6) na imprensa local, e que vai convocar uma reunião para discutir o assunto. “Fazer nova política é conversar e ouvir a todos do partido”, declarou

A vereadora Toinha Rocha (Rede) disse, em tom de desabafo, que desconhece o possível acordo para que o dirigente estadual da Rede, Dimas Oliveira, assuma a vaga de vice de Heitor Ferrer (PSB) na disputa pela Prefeitura de Fortaleza. A parlamentar afirmou que ficou surpresa com a informação, divulgada hoje (6) na imprensa local, e que vai convocar uma reunião para discutir o assunto. “Fazer nova política é conversar e ouvir a todos do partido”, declarou
A vereadora Toinha Rocha (Rede) disse, em tom de desabafo, que desconhece o possível acordo para que o dirigente estadual da Rede, Dimas Oliveira, assuma a vaga de vice de Heitor Ferrer (PSB) na disputa pela Prefeitura de Fortaleza. A parlamentar afirmou que ficou surpresa com a informação, divulgada hoje (6) na imprensa local, e que vai convocar uma reunião para discutir o assunto. “Fazer nova política é conversar e ouvir a todos do partido”, declarou (Foto: Rodrigo Rocha)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará247 - A notícia de uma possível aliança entre o PSB e a Rede em torno da candidatura de Heitor Férrer (PSB) à Prefeitura de Fortaleza, veiculada nesta terça (6) na imprensa, pegou de surpresa a vereadora Toinha Rocha (Rede). Em tom de desabafo, ela disse ao Blog do Eliomar que “soube pela imprensa que nosso presidente [Dimas Oliveira] vai ser o vice do Heitor Férrer. Isso não é fazer nova política”.

Toinha disse ainda que ficou surpresa com a informação, “até porque nosso partido esteve reunido no último fim de semana e não havia essa decisão”. A parlamentar informou que irá convocar uma reunião da Rede para discutir o assunto. “Fazer nova política é conversar e ouvir a todos do partido”.

(Com informações do Blog do Eliomar)

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247