Vândalos estragam quase mil placas por ano

Manutenção de placas de sinalização em Recife tem um custo anual de quase R$ 200 mil reais; os altos valores estão relacionados aos reiterados furtos e vandalismo aos objetos; além do prejuízo aos cofres públicos, conduta indevida prejudica vida dos motoristas, que ficam sem orientação no trânsito, o que pode causar acidentes

Vândalos estragam quase mil placas por ano
Vândalos estragam quase mil placas por ano
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

PE247 - O vandalismo tem atingido diretamente a sinalização de trânsito na capital. Quase mil placas são furtadas ou danificadas todos os anos em Recife, o que causada, segundo a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano, um prejuízo anual de R$ 180 mil.

Além de prejudicar os motoristas, que sofrem sem a sinalização adequada, o vandalismo pesa nos cofres públicos. A manutenção de cada placa pode custar até R$ 80. Isso nos casos em que é possível recuperar o objeto. O pior é quando as placas simplesmente são furtadas e levadas ninguém sabe para onde.

Ainda de acordo com a Companhia de Trânsito, o bairro de Boa Viagem, na zonza sul de Recife, é o campeão de ocorrências. Mas a zona sul da cidade não fica para trás e contribui para o trabalho diário dos agentes para verificar pelas ruas a falta das placas de sinalização.

"O código de trânsito exige a reposição imediata das placas. Para isso, a gente conta com a ajuda da própria população, que nos avisa, e de nossa fiscalização. Quando a gente não percebe ou a população não avisa, há o risco de ficar sem sinalização por mais algum tempo, até que a gente consiga repor", destacou o gerente de fiscalização do órgão ao Portal G1.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247