Wagner "é o embaixador da Bahia" em Brasília, diz Rui

Em encontro com o ministro da Defesa, Jaques Wagner, nesta quarta-feira (28) em Brasília, o governador da Bahia, Rui Costa (PT), afirmou que seu antecessor "é o embaixador da Bahia" junto ao governo federal e que "conta com Wagner para tratar dos assuntos de interesse da Bahia, já que o ministro tem portas abertas com a presidenta Dilma Rousseff e com os demais ministros"; depois do encontro com o padrinho político, Rui Costa teve reunião com os ministros dos Transportes Antônio Carlos Rodrigues, e da Secretaria Nacional da Aviação Civil, Eliseu Padilha

Em encontro com o ministro da Defesa, Jaques Wagner, nesta quarta-feira (28) em Brasília, o governador da Bahia, Rui Costa (PT), afirmou que seu antecessor "é o embaixador da Bahia" junto ao governo federal e que "conta com Wagner para tratar dos assuntos de interesse da Bahia, já que o ministro tem portas abertas com a presidenta Dilma Rousseff e com os demais ministros"; depois do encontro com o padrinho político, Rui Costa teve reunião com os ministros dos Transportes Antônio Carlos Rodrigues, e da Secretaria Nacional da Aviação Civil, Eliseu Padilha
Em encontro com o ministro da Defesa, Jaques Wagner, nesta quarta-feira (28) em Brasília, o governador da Bahia, Rui Costa (PT), afirmou que seu antecessor "é o embaixador da Bahia" junto ao governo federal e que "conta com Wagner para tratar dos assuntos de interesse da Bahia, já que o ministro tem portas abertas com a presidenta Dilma Rousseff e com os demais ministros"; depois do encontro com o padrinho político, Rui Costa teve reunião com os ministros dos Transportes Antônio Carlos Rodrigues, e da Secretaria Nacional da Aviação Civil, Eliseu Padilha (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Em encontro com o ministro da Defesa, Jaques Wagner, nesta quarta-feira (28) em Brasília, o governador da Bahia, Rui Costa (PT), afirmou que seu antecessor "é o embaixador da Bahia" junto ao governo federal e que "conta com Wagner para tratar dos assuntos de interesse da Bahia, já que o ministro tem portas abertas com a presidenta Dilma Rousseff e com os demais ministros".

Depois do encontro com o padrinho político, Rui Costa teve reunião com os ministros dos Transportes Antônio Carlos Rodrigues, e da Secretaria Nacional da Aviação Civil, Eliseu Padilha, para tratar de projetos da Bahia ligados à infraestrutura e aviação regional.

Entre os projetos da carteira de obras que o governador tratou com o ministro dos Transportes, ele destacou a construção de um novo ramal ferroviário na Bahia, obra que já foi licitada pelo governo federal. O ramal ligará o Polo Petroquímico de Camaçari ao Porto de Aratu, em Candeias, e deve contar com R$150 milhões em investimentos.

"Solicitamos, efetivamente, as ações necessárias para que as obras tenham início. Este ramal representa uma ligação imprescindível entre o complexo industrial e o porto", disse o petista.

Ainda sobre ferrovias, o governador acrescentou que conta com a atuação do ministro Antônio Rodrigues junto à concessionária FCA, a fim de realizar as adequações necessárias para a trafegabilidade e segurança do trecho ferroviário que ela detém na Bahia: Salvador/Minas Gerais e Salvador/Juazeiro.

O ministro Carlos Rodrigues se comprometeu a dar seguimento e celeridade às demandas da Bahia, colaborando com o desenvolvimento da infraestrutura logística no estado. 

Duplicação da BR-415 e contorno de Feira

Outro pleito apresentado pelo governo baiano foi a duplicação da BR-415. Segundo Rui Costa, a obra teve licitação deserta e é necessário o lançamento de uma nova licitação. "Ilhéus e Itabuna têm 400 mil pessoas, essa obra é absolutamente urgente", disse Rui na reunião.

O governador reiterou também o pedido de recursos para conclusão do contorno de Feira de Santana, além de outras intervenções em estradas federais que cortam a Bahia e que precisam ser duplicadas.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247