Bolsonaro disputa maratona de insensatez com ele próprio, aponta Folha

"São raros os dias em que a nação é poupada de declarações estapafúrdias ou medidas questionáveis do chefe de Estado", aponta editorial do jornal que encomendou a pesquisa ao Datafolha

(Foto: Charge Aroeira Bolsonaro caneta)

247 – O editorial desta segunda-feira da Folha de S. Paulo tenta explicar a desaprovação recorde a Jair Bolsonaro. "São raros os dias em que a nação é poupada de declarações estapafúrdias ou medidas questionáveis do chefe de Estado, empenhado em disputar consigo mesmo uma maratona de insensatez", aponta o texto.

"Não espanta que apenas 15% dos entrevistados julguem o comportamento de Bolsonaro compatível com o de um presidente da República em todas as ocasiões —e 32% opinem que em nenhuma", prosseguem ainda os editorialistas. "A seu favor, o levantamento revela que 45% acreditam que o governo vai melhorar. Entretanto essas expectativas, diga-se, já foram bem mais favoráveis —em abril eram 59% os otimistas com o desempenho vindouro do presidente.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247