Gaspari: divulgação do nome de chefe da CIA foi mais um momento ridículo de Temer

O colunista Elio Gaspari expôs o mais recente vexame do governo de Michel Temer; Sem o menor motivo, o Gabinete de Segurança Institucional do presidente Temer revelou em sua agenda pública que o general Sérgio Etchegoyen recebeu a visita de Duayne Norman, "chefe do posto da Central Intelligence Agency em Brasília"; !A exposição de Duayne Norman foi uma trapalhada e a explicação dada aos brasileiros mais um momento ridículo do bunker de Temer"

O colunista Elio Gaspari expôs o mais recente vexame do governo de Michel Temer; Sem o menor motivo, o Gabinete de Segurança Institucional do presidente Temer revelou em sua agenda pública que o general Sérgio Etchegoyen recebeu a visita de Duayne Norman, "chefe do posto da Central Intelligence Agency em Brasília"; !A exposição de Duayne Norman foi uma trapalhada e a explicação dada aos brasileiros mais um momento ridículo do bunker de Temer"
O colunista Elio Gaspari expôs o mais recente vexame do governo de Michel Temer; Sem o menor motivo, o Gabinete de Segurança Institucional do presidente Temer revelou em sua agenda pública que o general Sérgio Etchegoyen recebeu a visita de Duayne Norman, "chefe do posto da Central Intelligence Agency em Brasília"; !A exposição de Duayne Norman foi uma trapalhada e a explicação dada aos brasileiros mais um momento ridículo do bunker de Temer" (Foto: Giuliana Miranda)

247 - Nesta quarta, o colunista Elio Gaspari expôs o mais recente vexame do governo de Michel Temer.

"Coisa jamais vista. Sem o menor motivo, o Gabinete de Segurança Institucional do presidente Temer revelou em sua agenda pública que o general Sérgio Etchegoyen recebeu a visita de Duayne Norman, "chefe do posto da Central Intelligence Agency em Brasília".

No melhor estilo tabajara, veio a explicação de que fizeram isso em nome do que seria uma "transparência ativa", de acordo com a Lei de Acesso à Informação, que determina o registro dos nomes e cargos de quem é recebido em audiências por hierarcas.

O doutor Duayne Norman, bem como todos os seus antecessores e sucessores, não se apresenta como chefe do posto da CIA, mas como funcionário do setor político da embaixada.

(...)

A exposição de Duayne Norman foi uma trapalhada e a explicação dada aos brasileiros mais um momento ridículo do bunker de Temer. É sempre bom lembrar que o governo americano xereta as telecomunicações de Pindorama de forma prepotente e não consegue preservar o sigilo de seus documentos. Eles acabam no site WikiLeaks, levando autoridades de outros países a situações constrangedoras e até mesmo ridículas."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247