GloboNews é criticada nas redes por colocar sete jornalistas brancos para falar de racismo

O mesmo aconteceu com sua concorrente, a CNN Brasil, que colocou William Waack, demitido da Globo por racismo, para comentar os protestos do movimento negro nos EUA

GloboNews
GloboNews (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - O canal por assinatura GloboNews se tornou alvo de uma enxurrada de críticas nas redes sociais, entre esta terça e quarta-feira (3), por conta da escolha dos jornalistas para falar das declarações racistas do presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo.

No programa Em Pauta, que conta com a participação repórteres e analistas de maneira remota, em diferentes partes do mundo, a discussão sobre os insultos feitos por Camargo à população negra foi feita por sete jornalistas brancos.

“A pauta é racismo no Brasil”, dizia a frase no GC da transmissão. A página Quebrando o Tabu ironizou: “Encontre o erro na foto”.

Leia mais na Fórum.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email