Governo golpista indica novo embaixador em Havana. Cuba responde com eloquente silêncio

"Se minha leitura procede, trata-se de indiscutível resposta de Cuba ao governo golpista do Postiço Michel Temer. Não será demais relembrar que quatro dias atrás, o presidente Raul Castro manifestou expressamente a solidariedade de seu país a Dilma Rousseff e ao ex-presidente Lula", escreve Fernando Moraes no Nocaute

"Se minha leitura procede, trata-se de indiscutível resposta de Cuba ao governo golpista do Postiço Michel Temer. Não será demais relembrar que quatro dias atrás, o presidente Raul Castro manifestou expressamente a solidariedade de seu país a Dilma Rousseff e ao ex-presidente Lula", escreve Fernando Moraes no Nocaute
"Se minha leitura procede, trata-se de indiscutível resposta de Cuba ao governo golpista do Postiço Michel Temer. Não será demais relembrar que quatro dias atrás, o presidente Raul Castro manifestou expressamente a solidariedade de seu país a Dilma Rousseff e ao ex-presidente Lula", escreve Fernando Moraes no Nocaute (Foto: Giuliana Miranda)

Por Fernando Morais, no Nocaute

Em outubro do ano passado José Serra, então chanceler do governo golpista de Michel Temer, oficiou o governo cubano de que o então embaixador do Brasil em Havana, Cesário Melantonio, seria substituído pelo embaixador Frederico Duque Estrada Meyer, diplomata que já havia servido em Cuba entre 1995 e 1998 no posto de Conselheiro.

Cuba simplesmente ignorou a notificação da nova indicação. Não se trata, claro, de qualquer objeção a Frederico Meyer. Ao contrário. Até onde minha vista alcança, a direção da Revolução Cubana tem grande simpatia pelo quase futuro embaixador brasileiro. Além de Cuba, o diplomata já havia servido no Iraque, URSS, Genebra, Guiana, Nova York, Cazaquistão e Marrocos.

Se minha leitura procede, trata-se de indiscutível resposta de Cuba ao governo golpista do Postiço Michel Temer. Não será demais relembrar que quatro dias atrás, no discurso de encerramento da reunião de cúpula da ALBA – Aliança Bolivariana das Américas -, o presidente Raul Castro manifestou expressamente a solidariedade de seu país a Dilma Rousseff e ao ex-presidente Lula.

O Itamaraty, aparentemente, entendeu o recado. Frederico Meyer acaba de ser indicado embaixador alterno do Brasil junto à ONU.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247