Kotscho: Temer, Alckmin e Doria torram nosso dinheiro em propaganda enganosa

"Será que alguém já fez as contas de quanto dinheiro público esta sendo torrado na enxurrada de propagandas enganosas despejadas diariamente na nossa cara pelos governos federal, estadual e municipal em São Paulo?", questiona o jornalista Ricardo Kotscho. "Começou com o prefeito João Doria, atacando em todos os intervalos comerciais da Globo com a propaganda 'Prefeitura de São Paulo, Trabalho, Trabalho, Trabalho', para vender o asfaltamento de ruas como a grande obra do seu governo, depois que começou a despencar nas pesquisas"

"Será que alguém já fez as contas de quanto dinheiro público esta sendo torrado na enxurrada de propagandas enganosas despejadas diariamente na nossa cara pelos governos federal, estadual e municipal em São Paulo?", questiona o jornalista Ricardo Kotscho. "Começou com o prefeito João Doria, atacando em todos os intervalos comerciais da Globo com a propaganda 'Prefeitura de São Paulo, Trabalho, Trabalho, Trabalho', para vender o asfaltamento de ruas como a grande obra do seu governo, depois que começou a despencar nas pesquisas"
"Será que alguém já fez as contas de quanto dinheiro público esta sendo torrado na enxurrada de propagandas enganosas despejadas diariamente na nossa cara pelos governos federal, estadual e municipal em São Paulo?", questiona o jornalista Ricardo Kotscho. "Começou com o prefeito João Doria, atacando em todos os intervalos comerciais da Globo com a propaganda 'Prefeitura de São Paulo, Trabalho, Trabalho, Trabalho', para vender o asfaltamento de ruas como a grande obra do seu governo, depois que começou a despencar nas pesquisas" (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - "Será que alguém já fez as contas de quanto dinheiro público esta sendo torrado na enxurrada de propagandas enganosas despejadas diariamente na nossa cara pelos governos federal, estadual e municipal em São Paulo?", questiona o jornalista Ricardo Kotscho. "Começou com o prefeito João Doria, atacando em todos os intervalos comerciais da Globo com a propaganda “Prefeitura de São Paulo, Trabalho, Trabalho, Trabalho”, para vender o asfaltamento de ruas como a grande obra do seu governo, depois que começou a despencar nas pesquisas. Se a cidade não estivesse tão esburacada e abandonada, não precisava de propaganda", diz.

"Levou um chega pra lá do seu mentor Geraldo Alckmin, o eterno governador, que está em nova campanha para presidente, e também começou a despejar rios de dinheiro em publicidade. Na edição da Veja que circulou nesta sexta-feira, Alckmin emplacou um encarte de quatro páginas para comemorar “a menor taxa de homicídios do país”, como se a população não sentisse na pele a falta de segurança que não respeita estatísticas oficiais", acrescentou.

De acordo com o jornalista, "em matéria de torrar dinheiro publico em publicidade, porém, ninguém ganha do presidente Michel Temer , que gastou muitos milhões (quantos?) alocados pelo super-ministro da propaganda Moreira Franco em anúncios da reforma da Previdência, chegando a comprar esta semana sobrecapas nas três principais revistas do país. Saíram todas com a mesma capa".

Leia a íntegra no Balaio do kotscho

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247