Merval, do Globo, tenta ressuscitar PSDB e colocar Moro como alternativa da terceira via

O jornalista Merval Pereira, espécie de porta-voz dos interesses do grupo Globo, tenta reavivar o PSDB e coloca o ex-juiz Sergio Moro, condenado por parcialidade pelo STF, como alternativa da terceira via contra jair Bolsonaro e Lula, que lidera em todas as pesquisas eleitorais

www.brasil247.com - Merval Pereira, Bolsonaro, Sergio Moro e Lula
Merval Pereira, Bolsonaro, Sergio Moro e Lula (Foto: Reprodução | PR | Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O jornalista Merval Pereira usou sua coluna no jornal O Globo para externar o temor do grupo de mídia conservadora com o fato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estar à frente em todas as pesquisas eleitorais. Nesta linha, o porta-voz da família Marinho tenta ressuscitar o moribundo PSDB, além de defender que a postulação do ex-juiz Sergio Moro, condenado por parcialidade nos processos contra Lula, é a opção da chamada chamada terceira via, quando na realidade é um braço desviado do bolsonarismo. 

“Se o PSDB conseguir sair dessas prévias com uma unidade política razoável, talvez volte a ser essa alternativa, mais provavelmente com Eduardo Leite, que reflete o paradoxal novo na política, pois defendeu Bolsonaro em 2018 e hoje é apoiado por Aécio Neves. Já o governador João Doria mescla o bom gestor com o político aguerrido, que acredita que pode representar o eleitorado paulista na Presidência”, escreveu Merval. “Se não se acertarem depois, será difícil vencer a eleição. Em São Paulo, se Eduardo Leite vencer as prévias, é possível que Geraldo Alckmim continue no PSDB, fortalecendo os tucanos”, ressaltou.

Ainda segundo ele, “é nessa brecha entre os órfãos de Bolsonaro e os dos tucanos que o ex-juiz Sergio Moro pode se criar. Já aparecendo nas pesquisas em terceiro lugar, na frente de Ciro Gomes, o objetivo de chegar ao próximo ano na casa dos 15% parece factível”.

PUBLICIDADE

“Já está sendo atacado pelos dois lados. Bolsonaro disse que Moro nunca se mostrou confortável em seu governo, e o ex-ministro Ricardo Salles simplesmente chamou-o de “comunista”. Os petistas dizem que ele e Bolsonaro são a mesma coisa e o acusam de ter perseguido Lula, tese corroborada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) ao declará-lo parcial, anulando todos os processos, inclusive aqueles em que Lula fora condenado, mas não o inocentando”, completou. 

No final do texto, Merval admite que “todas essas especulações valem para o caso de se confirmar que Lula já está no segundo turno, e a disputa é pela segunda vaga”.

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email