Neponucemo: o Brasil ganhou uma Curitiba inteira de miseráveis

O jornalista Eric Neponucemo diz, no Blog Nocaute, que o Brasil ganhou uma Curitiba inteira de miseráveis; são contas que ele faz com os dados estatísticos atualizados sobre a situação brasileira de extrema pobreza: de 13.340.000 de brasileiros, a extrema pobreza passou para 14.830.000; um milhão e meio de pessoas ou uma Curitiba inteira de novos miseráveis no país

O jornalista Eric Neponucemo diz, no Blog Nocaute, que o Brasil ganhou uma Curitiba inteira de miseráveis; são contas que ele faz com os dados estatísticos atualizados sobre a situação brasileira de extrema pobreza: de 13.340.000 de brasileiros, a extrema pobreza passou para 14.830.000; um milhão e meio de pessoas ou uma Curitiba inteira de novos miseráveis no país
O jornalista Eric Neponucemo diz, no Blog Nocaute, que o Brasil ganhou uma Curitiba inteira de miseráveis; são contas que ele faz com os dados estatísticos atualizados sobre a situação brasileira de extrema pobreza: de 13.340.000 de brasileiros, a extrema pobreza passou para 14.830.000; um milhão e meio de pessoas ou uma Curitiba inteira de novos miseráveis no país (Foto: Gustavo Conde)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O Jornalista Eric Neponucemo faz uma análise sobre a volta do Brasil ao mapa da fome, proeza realizada pelo golpe. Ele apresenta dados: “em 2016 esse país tinha 13.340.000 brasileiros vivendo em situação de pobreza extrema (...) No ano passado (...) o número de miseráveis subiu para 14.830.000.

Neponucemo faz a conta e uma comparação: “isso significa que em um ano, Michel Temer e sua quadrilha botou na miséria 1.490.000 brasileiros na miséria, o que quer dizer uma Curitiba inteira”.

Leia mais aqui, na coluna de Eric Neponucemo no Blog Nocaute.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247