RaulZito, youtuber de games, é preso por suspeita de estupro de vulnerável

Influenciador digital Raulino de Oliveira Maciel foi preso em Florianópolis. Raulino entrava em contato com as crianças, que têm entre 10 e 14 anos, e prometia trabalhos alegando ser contratado de uma emissora de TV. Mães de duas vítimas procuraram a polícia

(Foto: Reprodução/Instagram)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Agentes da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) do Rio de Janeiro prenderam nesta terça-feira (27) em Florianópolis-SC o influenciador digital e youtuber de games Raulino de Oliveira Maciel, conhecido como "RaulZito", acusado de estupro de vulnerável.
De acordo com informações do UOL, RaulZito que integrava o quadro de streamers de "SBT Games" entrava em contato com as crianças com idade entre 10 e 14 anos, através de um perfil nas redes sociais, prometendo trabalhos na emissora.

Segundo a Polícia, as investigações só foram possíveis após as denúncias das mães de duas vítimas que sofreram abusos. Os casos teriam ocorrido em Niterói, no Rio de Janeiro, e em São Caetano do Sul, no estado de São Paulo. 

Segundo a investigação, "após fatos noticiados por mãe de uma das vítimas que dirigiu-se à DCAV após ouvir relato de seu próprio filho dos abusos que sofrera desde o mês de fevereiro até meados de maio, outra vítima, também menor de 12 anos, confirmou na sede da DCAV que também sofreu abusos e foram tantas as vezes que ambas não sabem ordenar cronologicamente de que maneira ocorreram".

PUBLICIDADE

Em nota, o SBT informou que Raulino Maciel não integra mais o quadro de streamers de "SBT Games", e que “a emissora aguarda a elucidação dos fatos e resultado da investigação".

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e assista:

PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email