Rodrigo Constantino lamenta rendição de Bolsonaro e diz que ele "sucumbiu ao sistema"

"Bolsonaro pode ter assinado sua derrota hoje", afirmou o jornalista bolsonarista

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


247 - O jornalista bolsonarista Rodrigo Constantino se mostrou decepcionado nesta quinta-feira (9) com o recuo nos ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao ministro Alexandre de Moraes por parte de Jair Bolsonaro.

Em carta, redigida pelo ex-presidente Michel Temer, Bolsonaro prega a harmonia entre os poderes e diz que suas declarações contra Moraes foram feitas no "calor do momento" das manifestações golpistas de 7 de setembro.

Em uma série de postagens no Twitter, Constantino diz que Bolsonaro "sucumbiu ao sistema": "game over". Ele diz ainda que "Bolsonaro pode ter assinado sua derrota hoje".

"É, meus caros, essa nota que parece pedido de desculpa do presidente mostra que não se peita impunemente o sistema… Se era xadrez 4D, parece que Bolsonaro tomou um xeque-mate de uma rainha tridimensional. Depois da demonstração de força do povo, o presidente demonstra fraqueza. Situação bem complicada para os patriotas. Bolsonaro pode ter assinado sua derrota hoje... Dia 7: multidão nas ruas com pauta patriótica condenando o arbítrio. Dia 9: Bolsonaro elogia China como essencial e pede desculpas ao STF. Game over. O sistema declarou guerra ao povo. O presidente sucumbiu ao sistema. Meu pai sempre me disse sobre ter armas: filho, se sacar, tem que estar disposto a puxar o gatilho. Eu tenho uma pistola pois sei que puxaria o gatilho para proteger minha propriedade e minha família. Mostrar arma e não atirar, ou puxar um revólver sem bala, isso é mortal", escreveu o bolsonarista.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email