Safatle: governo sai a 'cata' de prisões para sobreviver

O filósofo Vladimir Safatle afirma que o desmonte do Estado brasileiro será feito sob o derretimento da popularidade do governo Bolsonaro; ele diz que a prisão de Temer e o emparedamento da Lava Jato pelo STF também estão associados a esse estilhaçamento político e pondera que o uso do braço judicial do governo foi a única chance de Bolsonaro não amargar uma repulsa ainda maior da população; para o filósofo restou ao governo "sair à cata de prisões que forneçam alguma forma de 'notícia positiva'"

Safatle: governo sai a 'cata' de prisões para sobreviver
Safatle: governo sai a 'cata' de prisões para sobreviver

247 - O filósofo Vladimir Safatle afirma que o desmonte do Estado brasileiro será feito sob o derretimento da popularidade do governo Bolsonaro. Ele diz que a prisão de Temer e o emparedamento da Lava Jato pelo STF também estão associados a esse estilhaçamento político e pondera que o uso do braço judicial do governo foi a única chance de Bolsonaro não amargar uma repulsa ainda maior da população. Para o filósofo restou ao governo "sair à cata de prisões que forneçam alguma forma de 'notícia positiva'."

Em sua coluna, publicada no jornal Folha de S. Paulo, Safatle diz: "a última delas foi a prisão de Michel Temer. Algo absolutamente previsível a partir do momento em que o desgoverno atual começasse a naufragar. Trata-se de usar do mais crasso sistema de foco em políticos escolhidos a dedo e de "esquecimento" de escândalos dentro do próprio governo. Ou alguém se esqueceu de como o sr. Moro perdoou os casos de corrupção de Onyx Lorenzoni, aquele mesmo que já se acertou com Deus? Só que prender desafetos nunca tirou ninguém da pobreza."

E acrescenta: "a segunda coisa a fazer é simplesmente preparar-se para a guerra e insuflar o núcleo duro dos apoiadores do desgoverno em uma lógica de mobilização contínua. Quando a queda livre terminar, poderá restar um núcleo duro de 20% de eleitores. Se eles forem continuamente mobilizados, será possível fazer dos próximos anos em terra brasilis o aprofundamento de uma lógica de guerra civil. É nisso que o sr. Jair Bolsonaro aposta. Até porque lógica de milícia é um dos raros assuntos que ele conhece bem."

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247