Argentina estende até 12 de abril quarentena para conter coronavírus

O governo da Argentina estendeu neste domingo (29) até 12 de abril a quarentena obrigatória, que terminaria na noite de terça-feira (31), para diminuir a disseminação do coronavírus no país

Alberto Fernández, presidente da Argentina
Alberto Fernández, presidente da Argentina
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Até o momento, as autoridades sanitárias da Argentina confirmaram 820 casos da Covid-19, doença causada pelo coronavírusvírus, e 20 mortes. 

O isolamento social foi determinado há nove dias, mas desde o início do surto da enfermidade no país foram adotadas medidas de restrição à circulação e aglomeração de pessoas, como a suspensão das aulas. 

"Vamos prolongar a quarentena até que termine a Semana Santa [12 de abril]. O que vamos conseguir com isso? Seguir controlando a transmissão do vírus. Prolongando a quarentena (...) vamos ter dados mais claros sobre como a enfermidade fica encubada", disse o presidente da Argentina, Alberto Fernández, informa Sputnik

O chefe de Estado afirmou ainda que os resultados iniciais do isolamento "são bons". 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247