Biden faz alerta a Bolsonaro e diz que 'reunirá o mundo' para proteger Amazônia

"O presidente Bolsonaro deve saber que, se o Brasil falhar em ser o guardião responsável da floresta amazônica, então meu governo reunirá o mundo para garantir que o meio ambiente fique protegido", disse Joe Biden, que disputa com Bernie Sanders a candidatura a presidente dos EUA pelo Partido Democrata

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-vice-presidente dos Estados Unidos Joe Biden, que disputa com Bernie Sanders a candidatura do Partido Democrata à Presidência dos Estados Unidos, disse que, se o Brasil não for capaz de proteger a floresta amazônica, ele tomará medidas necessárias junto à comunidade internacional, caso seja eleito para o comando da Casa Branca. 

Em entrevista à revista Americas Quarterly, dedicada a temas de América Latina, Biden fez um alerta ao presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, caso o país "falhe em ser um guardião responsável" da floresta tropical. 

"Os incêndios que atingiram a Amazônia no verão passado foram devastadores e provocaram uma ação global para frear a destruição e ajudar no reflorestamento antes que seja tarde demais. O presidente Bolsonaro deve saber que, se o Brasil falhar em ser o guardião responsável da floresta amazônica, então meu governo reunirá o mundo para garantir que o meio ambiente fique protegido", afirmou Biden. 

"Eu iria agora mesmo organizar, no hemisfério e no mundo, para providenciar US$ 20 bilhões para a Amazônia, para que o Brasil não queime mais a Amazônia e, assim, terem fazendas. Eles absorvem mais carbono na Amazônia e na região que está queimando agora do que nós emitimos em um ano inteiro, a cada ano", acrescentou o ex-vice.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email