Coreia do Norte rejeita diálogo com o sul

Há 23 dias, as atividades no complexo industrial, localizado na Coreia do Norte, foram suspensas em meio às tensões causadas pela ameaça de uma guerra nuclear na Península Coreana. O parque industrial é o único projeto remanescente do processo de reconciliação entre as duas Coreias, depois do congelamento das relações bilaterais em 2010

Coreia do Norte rejeita diálogo com o sul
Coreia do Norte rejeita diálogo com o sul (Foto: JUNG YEON-JE)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Renata Giraldi*
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O governo da Coreia do Norte rejeitou a proposta de diálogo da Coreia do Sul para restabelecer as operações no complexo industrial conjunto de Kaesong, informou em comunicado a Comissão de Defesa Nacional norte-coreana. Ontem (25) as autoridades sul-coreanas deram um prazo de 24 horas à Coreia do Norte para aceitar a retomada das negociações formais a respeito do parque industrial.

Há 23 dias, as atividades no complexo industrial, localizado na Coreia do Norte, foram suspensas em meio às tensões causadas pela ameaça de uma guerra nuclear na Península Coreana. O parque industrial é o único projeto remanescente do processo de reconciliação entre as duas Coreias, depois do congelamento das relações bilaterais em 2010.

O projeto de cooperação econômica foi aberto em 2004 e constitui uma das mais importantes fontes de divisas para a Coreia do Norte. O chefe do Estado Maior norte-americano, general Martin Dempsey, disse que as tropas dos Estados Unidos estão prontas para agir contra as “provocações” da Coreia do Norte. "Nós fazemos tudo para dissuadir a Coreia do Norte de qualquer provocação", declarou o geral Dempsey perante os soldados da base aérea norte-americana de Yokota, a oeste de Tóquio.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247