Egípcios ignoram boicote e fazem fila de 3 km para votar

Votao foi prorrogada por duas horas para atender uma participao maior do que o previsto na escolha do novo governo ps-Mubarak

www.brasil247.com - Egípcios ignoram boicote e fazem fila de 3 km para votar
Egípcios ignoram boicote e fazem fila de 3 km para votar (Foto: Goran Tomasevic/REUTERS)


247 com agências internacionais - As primeiras eleições desde a revolta popular que derrubou o regime de 30 anos do ex-presidente Hosni Mubarak se anunciavam tensas. A onda de protestos contra a Junta Militar, que comanda o Egito desde a queda do antigo regime, ameaçou boicotar o pleito. Nos últmos dias, a revolta popular deixou 42 mortos e mais de 2 mil feridos. Mas o que se viu nesta segunda-feira foi um comparecimento pacífico em massa às urnas.

Os egípcios chegaram a enfrentar até três quilômetros para participar da votação. A Alta Comissão Eleitoral afirmou que as legislativas tiveram participação maior que o previsto e decidiu prorrogar em duas horas a votação. Os colégios eleitorais abriram às 08h00 (04h00 de Brasília) e fecharam às 21h00 locais (17h00 de Brasília). O movimento da Irmandade Muçulmana, a força política mais bem estruturada do país, formou um partido, "Liberdade e Justiça", para se apresentar a esta votação da qual espera ser o grande vencedor.

O pleito desta segunda-feira ocorreu em um terço dos estados do Egito - englobando 17,5 milhões dos quase 40 milhões de eleitores potenciais - particularmente Cairo, Alexandria e Luxor. Cada turno dessas eleições ocorre durante dois dias, fazendo com que os centros de votação permaneçam abertos na terça-feira.

O voto pela Assembleia Popular (Câmara dos Deputaods) ocorrerá até 11 de janeiro e os resultados completos serão conhecidos dois dias depois. Posteriormente, de 29 de janeiro a 11 de março, serão realizadas eleições em Shura, a câmara alta consultiva.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email