EUA acusam China de desestabilizção geopolítica e econômica

A China está desestabilizando os oceanos Índico e Pacífico, disse neste domingo o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Mark Esper, acusando Pequim de praticar economia predatória, roubo de propriedade intelectual e “armamento do patrimônio global”

(Foto: Sputnik)

Reuters - Os comentários de Esper em sua primeira viagem ao exterior como secretário da Defesa dos EUA ameaçam inflamar as já tensas relações entre Washington e Pequim, que vivem uma crescente guerra comercial.

A assertividade cada vez maior da China, especialmente no Mar da China Meridional, está suscitando preocupações na região, e os Estados Unidos estão desafiando a hegemonia marítima chinesa e buscando laços mais fortes com nações que desafiam Pequim.

“Acreditamos firmemente que nenhuma nação pode ou deve dominar o Indo-Pacífico e estamos trabalhando ao lado de nossos aliados e parceiros para atender às urgentes necessidades de segurança da região”, disse Esper a repórteres em Sydney.

Os EUA consideram que a China tem aumentado as tensões na região ao construir equipamentos militares e outras instalações em ilhas artificiais.

A China reivindica grandes partes do Mar da China Meridional, por onde passam mercadorias em embarcações avaliadas em cerca de 3,4 trilhões de dólares a cada ano. Países como Malásia, Filipinas, Taiwan e Vietnã contestam as reivindicações territoriais.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247