Ex-assessor de Trump cria grupo para enfraquecer União Europeia

Steve Bannon, ex-estrategista político do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o ativista anti-UE Raheem Kassa criaram uma organização política com sede em Bruxelas com o objetivo de enfraquecer e, por fim, paralisar a União Europeia, disseram os dois à Reuters; "Estamos focando em ajudar indivíduos ou grupos preocupados com questões de soberania, controle de fronteiras, empregos, entre outras coisas", disse Kassam

Ex-assessor de Trump cria grupo para enfraquecer União Europeia
Ex-assessor de Trump cria grupo para enfraquecer União Europeia
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

LONDRES (Reuters) - Steve Bannon, ex-estrategista político do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e um importante parceiro criaram uma organização política com sede em Bruxelas com o objetivo de enfraquecer e, por fim, paralisar a União Europeia, disseram os dois à Reuters.

Em entrevista e conversas por e-mail, Bannon e Raheem Kassam, ex-assessor chefe do líder britânico anti-UE Nigel Farage que agora trabalha com Bannon, disseram que o grupo, conhecido como O Movimento, já está funcionando e contratando.

"O Movimento será nosso ponto de contato para o movimento populista, nacionalista na Europa. Estamos focando em ajudar indivíduos ou grupos preocupados com questões de soberania, controle de fronteiras, empregos, entre outras coisas", disse Kassam.

"Decidimos estabelecer a sede em Bruxelas porque é o coração da União Europeia —a força mais destrutiva contra a democracia do Estado-nação no Ocidente hoje.

"A organização já é uma fundação estruturada com um orçamento anual significativo e nós começamos a montar nossa equipe", disse.

Kassam se recusou a fornecer mais detalhes sobre a fundação.

Bannon, que durante visita a Londres na semana passada se encontrou com Farage e Louis Aliot, aliado próximo da política francesa de extrema-direita Marine Le Pen, descreveu a organização que está criando como um "projeto populista" que tem como objetivo causar uma "mudança de placas tectônicas na Europa".

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247