Exército Sírio avança mais de 30 quilômetros sobre território controlado pelo EI no Leste de Raqqa

Avanços de tropas leais ao presidente Bashar al-Assad colocam o EI em posição complicada em diversas frontes; há poucas horas o avanço do Exército Árabe Sírio sobre a cidade de Raqqa encurralou o grupo terrorista no sul da cidade, possibilitando uma outra ofensiva de expressão por parte do governo; vitórias também foram obtidas recentemente na cidade de Homs. 

Avanços de tropas leais ao presidente Bashar al-Assad colocam o EI em posição complicada em diversas frontes; há poucas horas o avanço do Exército Árabe Sírio sobre a cidade de Raqqa encurralou o grupo terrorista no sul da cidade, possibilitando uma outra ofensiva de expressão por parte do governo; vitórias também foram obtidas recentemente na cidade de Homs. 
Avanços de tropas leais ao presidente Bashar al-Assad colocam o EI em posição complicada em diversas frontes; há poucas horas o avanço do Exército Árabe Sírio sobre a cidade de Raqqa encurralou o grupo terrorista no sul da cidade, possibilitando uma outra ofensiva de expressão por parte do governo; vitórias também foram obtidas recentemente na cidade de Homs.  (Foto: Leonardo Sobreira)

Leonardo Sobreira, 247 - O Exército Árabe Sírio capturou, há poucas horas, duas cidades próximas ao Rio Eufrates após avançar mais de 30 quilômetros sobre território controlado pelo Estado Islâmico (EI), de acordo com o portal Sírio Al Masdar.

O Exército, que possui o contingente mais expressivo de tropas das Forças Armadas Sírias, com o auxílio de tropas tribais pró-governo, capturou as cidades de Dalha e Al-Aukarish em uma de suas empreitadas mais expressivas no ano de 2017.

O avanço destas tropas, no entanto, pode ser mal visto pelos EUA, que apoiam as Forças Democráticas Sírias, já que elas terão menos espaço para reconquistar território controlado pelo EI.

Raqqa se tornou a capital do EI em 2014 e a campanha militar, liderada pelo general Suheil AL-Hassaan, visa liberar tanto esta cidade como Deir Ezzor, que se encontra 80 quilômetros de distância de onde as tropas estão no momento.

De acordo com o mesmo portal, o EI está enfrentando escassez de tropas na cidade de Deir Ezzor, após ser pressionado a enviar seus militantes às áreas de mais urgência no Norte e no centro da Síria.

Tais campanhas do Exército Sírio vêm sendo auxiliadas pelas forças aéreas russa e síria.

Os prospectos negativos para o Estado Islâmico não param por aí: O Exército Árabe Sírio e seus aliados estão levando vantagem na briga por Homs central.

No começo da semana, as tropas fiéis a Bashar al-Assad novos pontos do EI próximos à cadeia de montanhas al-Tafha al-Janoubyah.

A guerra civil na Síria já dura mais de seis anos e, de acrodo com as Nações Unidas, já deixou mais de 400,000 mortos e milhões refugiados. Os avanços militares expressivos de forças do governo representam, assim, um momento crucial na guerra contra o EI. 

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247