Há 28 anos, Mandela era libertado na África do Sul

Há exatos 28 anos, em 11 de fevereiro de 1990, o governo sul-africano anistiava o partido Congresso Nacional Africano e libertava seu maior líder, Nélson Mandela; a atuação de Mandela pelos direitos da população negra em seu país começou ainda na Universidade de Pretória, onde Mandela foi aluno do curso de Direito e permeou toda a vida do político sul-africano

Há 28 anos, Mandela era libertado na África do Sul
Há 28 anos, Mandela era libertado na África do Sul

DW Brasil - Todos reconheceram que a África do Sul estava diante de uma virada histórica quando o então chefe de governo, Frederik Willem de Klerk, anunciou, em 1990, a libertação de Nelson Mandela. Símbolo da luta da população negra contra o racismo, ele se tornara, ao longo dos 28 anos que passou na cadeia, o prisioneiro mais famoso do mundo e foi libertado em 11 de fevereiro daquele ano.

Nelson Mandela começou a estudar Direito na universidade para negros de Fort Hare, mas foi expulso por liderar uma greve estudantil. Em Joanesburgo, estagiou num escritório de advocacia e fez um curso de Direito por correspondência. Em 1942, graduou-se pela Universidade de Pretória. Já nos tempos de estudante, Mandela era engajado politicamente e ingressou no Congresso Nacional Africano (ANC). A associação se empenhava em reivindicar direitos e melhorar a qualidade de vida da maioria negra oprimida pelos brancos na África do Sul, organizando greves e manifestações.

Confira a íntegra da reportagem no site da Deutsche Welle

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247