Itália confirma nova tragédia com imigrantes

Ministro das Relações Exteriores da Itália, Paolo Gentiloni, confirmou relatos de que muitos imigrantes morreram em águas egípcias; "O que é certo é que estamos mais uma vez com uma tragédia no Mediterrâneo, exatamente um ano depois da tragédia que tivemos... em águas líbias", disse em referência às mortes de centenas de imigrantes na costa da Líbia em abril de 2015

Ministro das Relações Exteriores da Itália, Paolo Gentiloni, confirmou relatos de que muitos imigrantes morreram em águas egípcias; "O que é certo é que estamos mais uma vez com uma tragédia no Mediterrâneo, exatamente um ano depois da tragédia que tivemos... em águas líbias", disse em referência às mortes de centenas de imigrantes na costa da Líbia em abril de 2015
Ministro das Relações Exteriores da Itália, Paolo Gentiloni, confirmou relatos de que muitos imigrantes morreram em águas egípcias; "O que é certo é que estamos mais uma vez com uma tragédia no Mediterrâneo, exatamente um ano depois da tragédia que tivemos... em águas líbias", disse em referência às mortes de centenas de imigrantes na costa da Líbia em abril de 2015 (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - O ministro das Relações Exteriores da Itália, Paolo Gentiloni, confirmou nesta quarta-feira relatos de que muitos imigrantes morreram em águas egípcias, mas disse que ainda estava esperando mais detalhes sobre o ocorrido.

"O que é certo é que estamos mais uma vez com uma tragédia no Mediterrâneo, exatamente um ano depois da tragédia que tivemos... em águas líbias", disse o chanceler italiano a repórteres, em referência às mortes de centenas de imigrantes na costa da Líbia em abril de 2015.

"Essa é outra forte razão para a Europa se comprometer a não construir muros", afirmou.

(Reportagem de Robin Emmott)

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247