Maduro diz que 'ajuda humanitária' dos EUA é um 'show' para agredir

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse que a suposta ajuda humanitária oferecida pelo governo dos EUA em resposta aos apelos da direita venezuelana, é um "show político", que procura justificar uma intervenção no país; em entrevista ao canal Russia Today, Maduro disse que do governo presidido por Donald Trump não se pode esperar mais do que ações intervencionista

Maduro diz que 'ajuda humanitária' dos EUA é um 'show' para agredir
Maduro diz que 'ajuda humanitária' dos EUA é um 'show' para agredir

247, com AVN - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse que a suposta ajuda humanitária oferecida pelo governo dos EUA em resposta aos apelos da direita venezuelana, é um "show político", que procura justificar uma intervenção no país .

Em entrevista ao canal Russia Today, Maduro disse que do governo presidido por Donald Trump não se pode esperar mais do que ações intervencionistas.

"O imperialismo não ajuda ninguém no mundo, diga-me, a que parte do mundo eles levaram ajuda humanitária? O que eles levaram foram bombas para destruir o Afeganistão, Iraque, Síria, para provocar mortes, é um show, tão simples", afirmou.

Maduro disse que seu governo continua trabalhando para evitar que a Venezuela se torne um país dependente, porque considera que o país tem capacidade de produzir e importar o que precisa.

"Vamos continuar garantindo que nosso povo tenha educação, saúde, alimentação, acesso ao trabalho, conforto, tudo o mais é um espetáculo barato que visa justificar uma intervenção", acrescentou.

A esse respeito, elogiou o trabalho realizado pelos Comitês Locais de Abastecimento e Produção (CLAP) para atender seis milhões de lares venezuelanos, garantindo o acesso à cesta básica, combinando produtos de produção nacional e produtos importados. "Este é um plano real de ajuda humanitária", disse.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247